fbpx

Rover Curiosity Comemora o Sol 2000 em Marte

 

Por Ned Oliveira

Mosaico do Monte Sharp feito pelo rover Curiosity da NASA. Curiosity tem escalado o monte desde Setembro de 2014.

O rover atinge um novo marco, seu milésimo dia em Marte, ou sol, no Planeta Vermelho.

O mosaico foi montado a partir de dezenas de imagens tiradas no sol de 1931 em Janeiro pela Mast Camera da Curiosity (Mastcam).

O mosaico de imagens tiradas pelo rover em janeiro oferece uma prévia do que vem a seguir.

No centro da imagem está o próximo grande alvo científico do rover, uma área que os cientistas estudaram em órbita e determinaram conter minerais de argila.

A formação de minerais de argila requer água. Os cientistas já determinaram que as camadas inferiores do Monte Sharp se formavam dentro de lagos que outrora cercavam o chão da cratera Gale.

A área à frente poderia oferecer informações adicionais sobre a presença de água, quanto tempo ela pode ter persistido e se o ambiente antigo pode ter sido adequado para a vida.

A equipe de cientistas da Curiosity está ansiosa para analisar amostras de rochas retiradas das rochas argilosas vistas no centro da imagem.

O rover recentemente começou a testar novamente sua broca em Marte desde dezembro de 2016.

Um novo processo para perfurar amostras de rochas e entregá-las aos laboratórios a bordo do rover ainda está sendo aperfeiçoado em preparação para alvos científicos como a área com minerais argilosos.

Curiosity pousou em agosto de 2012 e viajou 11,6 milhas (18,7 quilômetros) nesse período.

Em 2013, a missão encontrou evidências de um antigo ambiente de lago de água doce que oferecia todos os ingredientes químicos básicos para a vida microbiana.

Desde que chegou ao Monte Sharp em 2014, Curiosity examinou ambientes onde tanto a água quanto o vento deixaram suas marcas.

Tendo estudado mais de 182,88 metros de rochas com sinais de lagos e águas subterrâneas, a equipe científica internacional da Curiosity concluiu que as condições habitáveis ??duravam pelo menos milhões de anos.

Créditos da imagem: NASA/JPL-Caltech/MSSS

Fonte: https://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?feature=7084

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .