fbpx
VISITE A SPACE TODAY STORE, A PATROCINADORA OFICIAL DO CANAL SPACE TODAY:

https://spacetodaystore.com

No dia 16 de março de 2021, aconteceu uma reunião na NASA do comitê de astrofísica.

Essa reunião serviu para que fossem apresentadas as última atualizações sobre o Telescópio Espacial James Webb.

Que agora se encontra no processo final para ser empacotado e enviado para a Guiana Francesa.

Mas lógico que nesses anos todos, nem tudo são flores na vida do James Webb, e atualmente, mesmo depois de ter passado pelos principais testes, o telescópio enfrentou alguns problemas.

Um desses problemas estava relacionado com uma pressão de ar residual no escudo de calor do telescópio, que poderia gerar um ponto de stress quando o foguete Ariane 5 for lançado levando o telescópio para o espaço.

Esse problema foir resolvido com os técnicos colocando alguns patches adicionais no escudo de calor para garantir que ele possa lidar com o dobro do diferencial de pressão requerido.

Outro problema estava relacionados com alguns pontos de fixação do telescópio que não foram apertados com o torque suficiente.

Isso foi facilmente resolvido, dando um torque a mais nos pontos de fixação.

Agora imagina, um telescópio supra sumo da tecnologia, o cara não me aperta os parafusos com a força necessária, eu iria apertar até espanar..haha

O projeto como um todo tem 48 dias de margem restante, uma gordura para queimar.

E de acordo com todos os envolvidos o projeto está andando no ritmo certo.

Agora o James Webb irá passar por uma série de testes de deploy, incluindo a abertura total do seu espelho principal.

Passado esses testes, o telescópio será então preparado para no final do verão norte-americano ser enviado para a Guiana.

Além desses problemas com o telescópio, o projeto está lidando com mais alguns problemas técnicos.

Dois comunicadores sofreram problemas separados durante os testes em janeiro.

Os engenheiros rastrearam os problemas com as duas unidades e começaram os reparos.

Essas caixas retornarão em tempo para serem instaladas e embaladas com o telescópio.

Esse problema irá usar um pouco da gordura de 45 dias, mas o staff do James Webb não quer usar isso, isso é o principal problemas com o qual eles estão lidando atualmente.

Outra questão que vem dando dor de cabeça é com relação ao nome do telescópio.

Ele se chama James Webb em homenagem ao administrador da NASA de mesmo nome na década d 1960 que liderou a agência na corrida para a Lua.

No começo da sua carreira, James Webb trabalhou no Departamento de Estado e teve comportamento preconceituoso contra a comunidade LGBT, expulsando eles do departamento.

A NASA contatou historiadores fora da agência que estão estudando as atividades de James Webb no Departamento de Estado.

A busca ainda não terminou, mas assim que ela terminar a NASA irá tomar uma decisão.

Esse é um ponto bem delicado, como eu já falei, eu não tenho lugar de fala aqui, teria que ter representante da comunidade LGBT, mas eu acho que você analisar comportamento do passado na luz do que se tem hoje um pouco complicado, mas repito teria que consultar a comunidade LGBT e ver como eles se sentem com isso.

Trocar o nome do James Webb nessa altura do campeonato seria muito complicado, mas devem consultar e ver como resolver.

Para quem não sabe a NASA tem outro grande telescópio espacial na fila também.

O antigo WFIRST que agora se chama Nancy Grace Roman, nome dado em homenagem àquela que é considerada a mãe do Hubble.

Nessa mesma reunião do dia 16 de março foi mostrado que o programa está rodando com 70% de eficácia desde que começou a pandemia.

Mas que as coisas estão lentas e o programa vai sofrer atrasos.

Serão atrasos de meses e não anos.

O plano original era lançar o Nancy Grace Roman no final do ano de 2025, mas com esses atrasos já computados, o plano agora é lançar o telescópio em meados de 2026.

Como todo atraso resulta em custos maiores, será necessário um financiamento adicional para lidar com esse atraso, a NASA irá trabalhar nisso.

Bem, aqui está então uma atualizada nos dois grandes projetos da NASA, o James Webb e o Nancy Grace Roman.

Esperamos não ouvir mais sobre problemas no JAmes Webb, pois toda vez o coração chega a parar.

Fonte:

https://spacenews.com/jwst-moving-towards-october-launch/

#JAMESWEBB #SPACETELESCOPE #SPACETODAY
Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.