Direto do Observatório Lunar Vaz Tolentino: A Cratera TARUNTIUS e o Lacus PERSEVERANTIAE

Cratera TARUNTIUS:

Diâmetro: 56 Km;

Profundidade: 1 Km;

Coordenadas Selenográficas: LAT: 05° 36? 00? N, LON: 46° 30? 00? E.

Período geológico lunar: Copernicano (-1,1 bilhões de anos até aos dias de hoje).

TARUNTIUS é uma cratera de aro circular, de encosta pouco alta, localizada à sudoeste do Mare CRISIUM. TARUNTIUS hospeda em sua borda noroeste a pequena cratera CAMERON (diâmetro: 11 Km profundidade: 1,2 Km). TARUNTIUS é uma cratera jovem, provavelmente com menos de 1 bilhão de anos, que apresenta um sistema de raios brilhantes que se estende num raio de 300 Km.  

A superfície circundante de TARUNTIUS apresenta algumas crateras fantasmas inundadas por lava, destacando-se dentre elas, a cratera LAWRENCE (diâmetro: 24 Km).

A face interna da borda de TARUNTIUS não possui estruturas de curvas de nível (terraces), mas seu piso interno apresenta um incomum segundo aro concêntrico, formado por montanhas, porém fortemente desgastado e irregular, possivelmente o resquício da borda de um impacto subsequente. Existem também, alguns canais delgados que seguem concentricamente o segundo aro.

Um pico central de baixa altitude habita seu piso interno, que é rugoso mas relativamente plano. O piso interno de TARUNTIUS possui uma tênue mancha escura, iniciando a noroeste, junto à cratera CAMERON, seguindo até o pico central e depois indo em direção à borda sudoeste. Esta mancha provavelmente foi criada por depósitos de cinzas vulcânicas, que escaparam por pequenos orifícios.

O nome TARUNTIUS é um homenagem a Lucius Tarutius Firmanus (? – 86 aC), que foi um astrólogo, matemático e filósofo romano.

Lacus PERSEVERANTIAE (Lago da Perseverança):

Coordenadas Selenográficas:  LAT: 08° 00? 00? N, LON: 62° 00? 00? E

Período lunar geológico: Pré-Imbrico (-4,55 bilhões a -3,85 bilhões de anos atrás).

Pequena região plana e extensa de cor escura (baixo albedo), que inicia na encosta noroeste da cratera FIRMICUS (diâmetro: 56 Km; profundidade: 1,5 Km), se estendendo para oeste, com comprimento total de 70 Km e largura máxima em torno de 15 Km.

Lacus PERSEVERANTIAE é parte de uma formação muito maior, conhecida  (extraoficialmente) como o “North Valley”. É um vale longo, estreito, não oficialmente “batizado”, adjacente ao sul do Mare CRISIUM.

O “North Valley” começa próximo à cratera CONDORCET, aparenta ser interrompida pela cratera AUZOUT e, em seguida, passa a noroeste de FIRMICUS e APOLLONIUS. 

Foto com apenas 1 frame em 10? de ?março? de ?2012, ??01h14m.

Telescope & Câmera:

SkyWatcher DOB 12″ Collapsible; 

Celestron Ultima 2X Barlow; 

ORION StarShoot Solar System Color Imaging Camera III.

Não deixem de visitar o site na internet do Observatório Lunar Vaz Tolentino. No site é possível encontrar inúmeras imagens da Lua, além de outras belas imagens astronômicas além de informações gerais sobre astronomia e ciência em geral. Visitem: www.vaztolentino.com.br

Fonte:

www.vaztolentino.com.br

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.