Direto do Observatório Lunar Vaz Tolentino: A Cratera GÄRTNER

Cratera GÄRTNER:

Diâmetro: 102 Km;

Profundidade: 1,3 Km;

Coordenadas Selenográficas: 59° 6? 00? N, 34° 36? 00? E;

Período Geológico Lunar: Ímbrico (Imbrian), de 3850 milhões a 3200 milhões de anos atrás.

A cratera GÄRTNER localiza-se no quadrante nordeste da Lua e na margem norte do Mare FRIGORIS. Configura-se como uma formação semi-circular, inundada por lava, com o aro na metade sul totalmente ausente e, na metade norte, apresenta aro fechado, onde existem encostas íngremes, porém muito desgastadas e corroídas, com entalhes e recortes formados por impactos posteriores.

Próximo à borda noroeste de GÄRTNER encontra-se a cratera DEMOCRITUS com diâmetro igual a 39 Km e profundidade igual a 2 Km.

O piso interno de GÄRTNER que é rugoso e apresenta algumas ondulações ou pequenas montanhas na parte norte, contém um canal conhecido como Rima GÄRTNER,  que parte de um ponto próximo ao centro da cratera, evoluindo como uma curva parabólica, em direção à borda nordeste, com comprimento total de 30 Km. O piso interno também contém a pequena cratera Gärtner D (diâmetro: 8 Km).

Foto com apenas 1 frame em ?22? de ?fevereiro? de ?2011, ??02h18m.

Para maiores informações e mais imagens sobre a Lua visitem o site do Observatório Lunar Vaz Tolentino: www.vaztolentino.com.br

Fonte:

www.vaztolentino.com.br

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.