fbpx

Vídeo Mostra Estudo de Cientistas Que Identificaram Manchas Solares a Uma Incrível Profundidade de 60000 km no Sol

Os cientistas usando ondas sonoras conseguem pesquisar o interior do Sol. Esse tipo de estudo é similar ao que é feito na Terra com as ondas sísmicas quando queremos pesquisar a estrtura e a estratigrafia do interior do nosso planeta. Com esse tipo de estudo de sísmica estelar, os cientistas conseguiram detectar manchas solares formadas a 60000 quilômetros abaixo da superfície do Sol, uma distância que é aproximadamente igual a 5 vezes o diâmetro da Terra. Dois dias depois de terem identificado essas manchas elas entraram em erupção na superfície do Sol carregando seu intenso campo magnético junto. O vídeo acima mostra os resultados dessa pesquisa.

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .