Vazamento de Hidrogênio Líquido Cancela Lançamento do Discovery no Mínimo até 30 de Novembro

Um vazamento de hidrogênio, forçou a NASA na sexta-feira dia 5 de Novembro de 2010 a cancelar o lançamento do ônibus espacial Discovery pela quarta vez em uma semana, empurrando o lançamento para no mínimo 30 de Novembro.

O trigésimo nono e final vôo do Discovery foi cancelado aproximadamente sete horas antes do seu lançamento programado para ter ocorrido às 5:04 hora de Brasília com a missão de levar mantimentos, peças de reparação, suprimentos e o Robonauta 2 par a Estação Espacial Internacional.

À medida que o hidrogênio líquido e o oxigênio líquido estavam fluindo para o tanque de combustível do ônibus espacial que está em serviço a mais de 25 anos, um vazamento de hidrogênio se desenvolveu em um dos sistemas que alimentam a nave, localizado entre ela e a base de lançamento.

A NASA lutou com problemas similares nesta área antes de dois lançamento no ano passado e acreditava que os engenheiros tivessem solucionado o problema. O vazamento não só voltou a acontecer cancelando o lançamento como também é o maior vazamento do tipo já visto na base de lançamento.

“Isso infelizmente não é uma surpresa para nós”, disse Mike Moses que é o chefe da equipe que observa o ônibus espacial na base de lançamento antes da ignição. “Esperamos que algo esteja errado com o equipamento pois não sabemos o que causou o vazamento”.

O ônibus espacial terá seu tanque esvaziado para que possam começar as inspeções. Inicialmente a NASA pensou em fazer uma nova tentativa de lançamento na segunda feira dia 8 de Novembro de 2010 mas logo ela decidiu pelo cancelamento e adiamento até 30 de Novembro de 2010.

“Nós esperamos ter tempo suficiente para arrumar o problema, mas nós nunca sabemos o que vamos encontrar”, disse o diretor de lançamento Mike Leinbach.

“Nós queremos ter tempo para ter certeza de que tudo estará certo e não vamos adiantar o serviço e conseguir que esteja pronto até segunda-feira”, disse Moses para a imprensa.

Segunda-feira seria o último dia de lançamento antes de 30 de Novembro devido as questões de aquecimento relacionadas com o ângulo do Sol e do ônibus espacial no momento em que ele se acoplasse a estação e pelas atividades anteriormente programadas.

Os engenheiros também estavam observando uma potencial rachadura no tanque externo do ônibus espacial, que por si só já poderia ter cancelado o lançamento mesmo se o vazamento de hidrogênio não tivesse ocorrido.

A agência espacial americana tem sido meticulosa sobre as condições de lançamento do ônibus espacial desde que perdeu o Columbia e os sete astronautas no acidente em 2003 que foi iniciado com uma rachadura no tanque durante o lançamento. O problema é que depois de lançada, no espaço é praticamente impossível fazer qualquer reparo no ônibus espacial, por isso ele deve partir com 100% de condições.

Na quinta-feira 4 de Novembro de 2010 uma tentativa de lançamento já havia sido cancelada devido ao mal tempo na Flórida. O lançamento original estava programado para o dia 1 de Novembro mas também foi cancelado por outros motivos.

O vôo do Discovery está entre os últimos vôos do programa de ônibus espacial que será finalizado no ano que vem para se poder economizar dinheiro e construir naves que possam viajar até Marte ou atém mesmo a asteróides lugares esses que estão além da capacidade dos atuais ônibus espaciais.

Fonte:

http://www.reuters.com/article/idUSTRE6A42NE20101105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo