Variações de Pequena Escala São Vistas na Superfície do Asteroide Vesta Pelo Espectrômetro da Sonda Dawn

Essa imagem mostra uma visualização feita pela Dawn VIR ou pelo espectrômetro do visível e do infravermelho que viaja a bordo da sonda Dawn que está em órbita do asteroide Vesta, sobreposta a uma imagem obtida com a câmera de enquadramento da sonda na mesma região. A imagem VIR foi adquirida durante a fase HAMO, ou High Altitude Mapping Orbit da missão da sonda Dawn em Vesta e a imagem da câmera de enquadramento foi adquirida durante a fase de pesquisa da missão. As variações de brilho e de escuridão de pequena escala observadas nessa imagem demonstram a habilidade da VIR em detectar feições de pequena escala na superfície do asteroide Vesta. A composição dessas várias feições pode então ser analisada. Os dados obtidos pelo VIR mostram que em geral, o Vesta tem uma superfície basáltica e que duas bandas proeminentes de absorção de piroxênio dominam o espectro obtido do asteroide.

A imagem foi feita de uma região localizada no Quadrante Tuccia do Vesta e o centro da imagem está em 21 graus de latitude sul e 200 graus de longitude leste. A sonda Dawn da NASA obteve a imagem VIR no dia 21 de Outubro de 2011. A distância entre a sonda e a superfície do asteroide no momento da imagem era de 700 quilômetros e a escala da imagem é de 170 metros por pixel.

Fonte:

http://dawn.jpl.nasa.gov/multimedia/imageoftheday/image.asp?date=20120207

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.