fbpx
22 de fevereiro de 2024

Uma Visão Diferente da Mancha de Óleo – Térmica

O instrumento chamado de Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer a bordo do satélite Terra da NASA capturou essa imagem diferente da mancha de óleo que se espalha pelo Golfo do México em 7 de Maio de 2010.

A imagem é térmica, com as regiões mais frias da superfície aparecendo em preto e as regiões mais quentes em branco. A cidade de Pascagoula no Mississipi, é vista no canto superior direito, a noite a terra é mais fria, ou seja, mais negra do que as águas do Golfo do México.

Ilhas localizadas nessa região também aparecem negras se comparadas com o oceano ao redor. Os pontos negros são pequenas nuvens na parte sul da imagem. As porções mais espessas da mancha de óleo aparecem com uma coloração cinza escura, massas como filamentos que se estendem na parte sul da imagem. As demais manchas negras que aparecem na imagem são correntes oceânicas com diferentes temperaturas.

Fonte:

http://www.stumbleupon.com/su/ABHVuH/www.dailygalaxy.com/my_weblog/2010/05/nasa-infrared-image-of-gulf-oil-spill-weekend-feature.html/r:t

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo