fbpx

Uma Imagem Profunda E Empoeirada das Plêiades

O bem conhecido aglomerado de estrelas das Plêiades está vagarosamente destruindo parte de uma nuvem de gás e poeira que está passando por ela. As Plêiades é o aglomerado aberto de estrelas mais brilhante do céu da Terra e pode ser visto por quase todas as pessoas a olho nu, e é até usada como um teste de oftalmologia cósmico. A jovem nuvem de poeira que está de passagem é parte do Cinturão de Gould, um anel incomum de formação de estrelas jovens ao redor do Sol na região local da Via Láctea. Nos últimos 100 mil anos, parte do Cinturão de Gould está se movendo através das Plêiades e está causando uma forte reação entre as estrelas e a poeira. A pressão da luz das estrelas repele de forma significante a poeira na nebulosa de reflexão azul ao redor, com partículas de poeira menores sendo repelidas de maneira mais intensa. O resultado de curto prazo é que partes da nuvem de poeira se tornam estratificadas e filamentadas. Na imagem acima também é possível ver o Cometa C/2015 ER61 (PanSTARRS) no canto inferior esquerdo.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap171114.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.