Uma Fusão de Galáxias Iluminando a Escuridão – Space Today TV Ep.1285

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!

http://www2.spacetodaystore.com

Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!
—————————————————————————–

Já falei aqui em vários vídeos que uma das especialidades do Telescópio Espacial Hubble é estudar as galáxias em fusão, ou colisão.

Desde que ele foi lançado essa é uma das áreas da astronomia que mais se beneficiou com o Hubble.

As imagens que ele faz são simplesmente espetaculares, e essas imagens, proporcionaram aos astrônomos a possibilidade de entender um dos processos mais primordiais, complexos e importantes do universo que é a fusão de galáxias.

O interessante também é que o Hubble já conseguiu fazer imagens de galáxias se fundindo em diferentes estágios, desde os primeiros contatos até galáxias já totalmente misturadas.

E isso é fundamental para se entender o processo evolutivo das galáxias.

Dessa vez o Hubble nos presenteia com uma bela imagem da NGC 3256, uma galáxia que tem aproximadamente o tamanho da Via Láctea, e que está localizada a 100 milhòes de anos-luz de distância da Terra, na constelação de Vela.

Observando as imagens do Hubble, pode-se ver que essa galáxia ainda guarda as marcas da fusão que a formou a cerca de 500 milhões de anos atrás.

Um fato interessante de se falar é que quando duas galáxias se fundem, as estrelas individuais raramente se chocam, pois elas estão separadas por uma grande distância.

Já o gás e a poeira das galáxias interagem de forma decisiva para o processo evolutivo da galáxia.

A NGC 3256 apresenta isso, no seu centro, uma grande quantidade de estrelas nascendo em grupos e em aglomerados, essas estrelas brilham intensamente na radiação infravermelha.

E devido a tudo isso, essa galáxia é classificada como uma galáxia de explosão de estrelas pois está formando muitas estrelas e também como uma galáxia luminosa no infravermelho, já que essas estrelas brilham intensamente nesse comprimento de onda.

Devido a sua proximidade, luminosidade e orientação, já que está de frente para nós, a NGC 3256 é um belo laboratório para os astrônomos testarem seus modelos e teorias sobre o processo de fusão de galáxias, já que eles possuem aí, um resultado final para analisar.

Além de possuir no seu centro mais de 1000 aglomerados estelares onde as estrelas estão se formando, a NGC 3256 possui linhas de poeira e gás escura cruzando o centro, essas linhas são as verdadeiras relíquias das duas galáxias que se fundiram para formar essa galáxia, mas a quantidade de estrelas se formando é tanta que acaba iluminando essas linhas escuras e é possível ver bem claramente.

as duas galáxias originais eram ricas em gás e tinham aproximadamente o mesmo tamanho de modo que exerceram forças iguais uma na outra, não foi um canibalismo galáctico, mas uma fusão mesmo, os discos espirais não podem mais ser vistos e em alguns milhões os núcleos estarão totalmente fundidos formando uma única galáxia elíptica.

Fonte:

http://spacetelescope.org/news/heic1811/

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: https://spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.