Uma Aurora de Outubro Nos Céus da Pradaria Norte-Americana

IMG_0228dakotalapse


observatory_150105O vento e o clima espacial estão transformando a cena acima numa paisagem celeste noturna assustadora. O moinho de vento da pradaria e a aurora colorida foram registrados no dia 1 de Outubro desde a parte central do estado norte-americano de Dakota do Sul, enquanto a boa temporada para os caçadores de aurora começa com as noites mais longas de outono. Partindo da cor verde até as tonalidades avermelhadas mais raras, as luzes do norte, como são chamadas as auroras no hemisfério norte são desencadeadas por tempestades geomagnéticas causadas pela atividade solar. Essas auroras se estendem muito mais acima do banco de nuvens visível na imagem acima a alturas de mais de 100 quilômetros, contra um pano de fundo estrelado nessa noite típica do outono no hemisfério norte. A estrela dupla visual Mizar, que marca o meio da alça do asterismo da Grande Colher, é facilmente identificada na borda esquerda do quadro acima. Os apontadores do polo celeste norte localizados na colher, as estrelas Merak e Dubhe se alinham verticalmente perto da parte central da foto.

Fonte:

https://plus.google.com/+AstronomyPictureOfTheDay/posts


alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.