fbpx

Um Novo Modelo Para Explicar A Origem de Plutão – Space Today TV Ep.1271

Visite a loja do canal, a Space Today Store:

https://www2.spacetodaystore.com

Não importa se Plutão é planeta ou não, ele é um dos objetos mais intrigantes do nosso Sistema Solar.

E agora ele pode ter ficado ainda mais intrigante. Pois um grupo de pesquisadores está propondo uma nova forma pela qual Plutão pode ter se formado.

Nova, porque até então acredita-se que Plutão se formou como os demais planetas do nosso sistema solar, embora ele não seja mais considerado planeta, de um ponto de vista de parâmetros orbitais, como um objeto a sua origem podia sim ser explicada como a de um planeta.

Ou seja, lá no começo da história do Sistema solar, poeira ao redor do Sol se agregou formou um núcleo rochoso, depois foi agregando mais material e pronto temos Plutão.

Mas um grupo de pesquisadores publicou na Icarus uma conceituada revista de geofísica, geologia e ciência planetária um novo modelo para a formação de Plutão.

Esse modelo foi chamado de modelo cosmoquímico de formação.

Para chegar a esse modelo, os pesquisadores utilizaram dados obtidos pela sonda Rosetta do cometa 67P.

E para chegar a esse novo modelo de formação, os pesquisadores analisaram a região de Plutão conhecida como Sputnik Planitia, digamos assim o lobo esquerdo da grande região conhecida como Tombaugh Regio em Plutão.

Eles descobriram uma impressionante consistência entre a quantidade de nitrogênio dentro dessa gigantesca geleira e a quantidade de nitrogênio, esperada para ter em Plutão se ele fosse formado pela aglomeração de bilhões de cometas provenientes do Cinturão de Kuiper e com a mesma composição do 67P.

Os pesquisadores também fizeram um chamado modelo solar que é digamos o tradicional, com Plutão se formando a partir de gelos de diferentes composições que existiam no início do Sistema solar.

É importante dizer que ambos os modelos satisfazem certas restrições, mas é interessante dizer que agora os cientistas possuem uma outra linha de pesquisa para seguir também.

Muitas coisas precisam ser explicadas, como a atmosfera de Plutão, a presença de outros elementos e não só o nitrogênio em suas geleiras e por aí vai.

O modelo cometário mostra que Plutão teria sua química original modificada pela água líquida, e talvez pela presença de um oceano em subsuperfície, algo totalmente viável a partir dos dados da New Horizons, enquanto que por outro lado o modelo solar consegue explicar determinadas proporções de elementos.

Ao ler o artigo acho que os pesquisadores poderiam propor um modelo hibrido de formação de Plutão, e quem sabe esse poderia ser um modelo aplicado para os objetos distantes do Sistema solar, os residentes do Cinturão de Kuiper.

Isso só mostra o quão importante é conhecermos o nosso Sistema solar e mostra também, como Plutão, um mundo esquecido nos confins do nosso sistema pode ser um mundo realmente incrível de ser estudado.

E você está de qual lado, modelo cometário ou modelo solar?

fonte:

https://www.swri.org/cosmochemical-model-pluto-formation

Artigo:

https://arxiv.org/ftp/arxiv/papers/1805/1805.09285.pdf

https://www.padrim.com.br/spacetoday

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Seja um apoiador do Space Today:

https://apoia.se/spacetoday

=====================================================

Conheça a Agência Marcos Pontes e torne o seu sonho de conhecer o ESO em realidade:

http://www.agenciamarcospontes.com.br

http://www.agenciamarcospontes.com.br/visita-observatorios-telescopios-eso-atacama-viagem.php

=====================================================

Seja meu Patrão:

http://www.patreon.com/spacetoday

=====================================================

Apoio e apresentação:

http://deviante.com.br

A nova casa do SciCast

=====================================================

Science Vlogs Brasil:

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/featured

http://scienceblogs.com.br/sciencevlogs/

https://www.youtube.com/channel/UCqiD87j08pe5NYPZ-ncZw2w/channels?view=60

=====================================================

Meus contatos:

BLOG: https://spacetoday.com.br

FACEBOOK: http://www.facebook.com/spacetoday

TWITTER: http://twitter.com/spacetoday

YOUTUBE: http://www.youtube.com/spacetodaytv

Obrigado pela audiência e boa diversão!!!

=====================================================

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.