fbpx
27 de setembro de 2021

Telescópio Espacial Spitzer Observa Uma Galáxia Que Está Totalmente de Lado Para Nós

Essa imagem feita pelo Telescópio Espacial Spitzer da NASA lembra muito um sabre de luz jedi flutuando no espaço, mas na verdade é uma galáxia inteira vista de lado.

Esse rastro vermelho no centro da imagem é uma galáxia, conhecida como NGC 5866. Ela está localizada a 44 milhões de anos-luz de distância da Terra e tem um diâmetro de aproximadamente 60 mil anos-luz, um pouco mais da metade do diâmetro do disco galáctico da Via Láctea. Quando nós pensamos em galáxias nós normalmente imaginamos massivos braços espirais ou espessos discos de poeira. Mas nem todas as galáxias estão viradas de frente para nós aqui na Terra. Do nosso ponto de vista, nós só observamos a NGC 5866 de lado, de modo que a maior parte das suas estruturas estão invisíveis.

O Spitzer detecta a luz infravermelha, e a cor vermelha aqui corresponde ao comprimento de onda do infravermelho normalmente emitido pela poeira. Com uma consistência similar a uma fumaça espessa, a poeira absorve a luz das estrelas, então emite novamente essa luz num comprimento de onda maior, incluindo o infravermelho.

As bordas limpas da emissão de poeira da NGC 5866 indicam que existe um anel achatado ou disco de poeira circulando uma região externa da galáxia. Anéis de poeira e discos algumas vezes formam as características das galáxias que se fundem, mas essa galáxia não apresenta qualquer sinal de torção ou distorção no anel que normalmente aparece como resultado da fusão.

Tentar aprender sobre a história e a forma da NGC 5866 é desafiante devido a sua orientação. Nossa visão dessa galáxia é algo parecido com a visão que temos da nossa própria galáxia, a Via Láctea. Pelo fato da Terra estar dentro da Via Láctea, nós só podemos ver um dos braços de lado e não de frente. Mas a nossa proximidade com o resto da Via Láctea tem permitido os astrônomos reconstruírem como a nossa galáxia deve parecer como sendo vista de frente. Mesmo a galáxia Sombrero, que está quase totalmente de lado como vista da Terra, é inclinada o suficiente para revelar um anel simétrico de poeira ao redor do seu centro. Se estivesse perfeitamente de lado, a galáxia Sombrero se pareceria com a NGC 5866.

O SPitzer fez essa imagem durante a chamada “missão fria” que foi finalizada em 2009. As cores representam três comprimentos do infravermelho capturados pela Infrared Array Camera do Spitzer. A luz azul corresponde às observações do Spitzer feitas no comprimento de 3.6 mícron, produzido principalmente pelas estrelas, o verde , corresponde a 4.5 mícron, e o vermelho corresponde a 8 mícron. Nessa imagem a névoa azul é produzida pelas estrelas que fazem parte da maior quantidade da massa da galáxia.

Mais informações sobre o Spitzer podem ser acessadas no seguinte site:

https://www.nasa.gov/mission_pages/spitzer/main/index.html

Uma imagem da luz visível da NGC 5866 pode ser vista abaixo:

Fonte:

https://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?feature=7467

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo