fbpx

Telescópio Espacial James Webb Tem Lançamento Adiado Novamente E Fica Para 31 de Outubro de 2021

A NASA anunciou no dia 16 de julho de 2020 que irá atrasar o lançamento do seu maior telescópio espacial já construído até hoje, o Telescópio Espacial James Webb, em 7 meses, para poder resolver tanto problemas técnicos com o instrumento, e também para poder se adaptar devido aos efeitos que a pandemia do coronavírus causou na construção do telescópio.

A agência espacial anunciou em teleconferência que o lançamento do James Webb está agora programado para acontecer no dia 31 de outubro de 2021. A data anterior a essa proposta pela NASA era no final de março de 2021.

Greg Robinson, diretor de programa para o James Webb na NASA, disse que, três meses de atrasos foram causados pela pandemia, incluindo efeitos no programa, bem como efeitos na eficiência das atividades, já que novos procedimentos foram adotados e tudo isso fez com que o trabalho desacelerasse nas instalações da Northrop Grumman no sul da Califórnia, onde o telescópio está sendo construído. O trabalho foi paralisado em março devido a pandemia e então continuou num passo bem mais lento por alguns meses até que a empresa pôde retornar a uma situação mais próxima do normal.

Outros 2 meses de atraso foram causados pois foi preciso adicionar uma reserva ao programa. Robinson disse que a missão, que tinha dois meses de reserva na programação no começo do ano de 2020, agora tem 3 meses para que possa se ajustar com as melhores práticas da agência no que diz respeito a gerenciamento de projetos. Agora, disse ele, o projeto tem uma reserva robusta.

O resto do atraso foi pelo tempo adicional necessário para as atividades de teste, incluindo o teste de acústica e vibração e o teste de abertura do escudo de calor do telescópio. Esse tempo adicional, disse Robinson, foi baseado no aprendizado que se obteve anteriormente nas fases iniciais do programa.

Esse último adiamento no lançamento, na verdade não é uma surpresa. Thomas Zurbuchen, administrador da NASA para a parte científica, já tinha dito em junho que o James Webb muito provavelmente não seria lançado em março de 2021, devido à redução das atividades por conta da pandemia. Mas na época ele não falou qual seria a data ainda, pois estavam estudando todos os impactos.

Mesmo antes da pandemia, já existia o pensamento que questões técnicas iriam atrasar o lançamento, com base no uso das reservas de datas do programa. Em abril de 2020, a agência espacial já havia decidido que teria que fazer uma revisão nessa reserva, mas tudo isso acabou atrasando por conta da pandemia do coronavírus.

O adiamento não aumenta o custo do James Webb, que teve um orçamento máximo definido pelo congresso norte-americano de 8.8 bilhões de dólares. Com base nas projeções atuais, o programa espera completar o trabalho restante dentro da nova programação e sem precisar de mais dinheiro.

Existe uma reserva no orçamento que ainda não foi usada e que está sendo mantida para lidar com alguma questão que ainda possa surgir. A NASA não disse se o adiamento vai depletar totalmente essas reservas.

A NASA já discutiu com a ESA esse adiamento, a ESA será responsável por lançar o James Webb no foguete Ariane 5, desde a Guiana Francesa, e está tudo certo, por enquanto. Esse adiamento na verdade, se ajusta muito bem ao manifesto de lançamento do Ariane 5.

Apesar do adiamento todo mundo tem consciência da ciência valiosa que o James Webb irá realizar, mesmo que esse último adiamento anunciado seja apenas mais um nos anos e anos de adiamentos. Um novo horizonte de descobertas sobre o nosso universo certamente irá se abrir quando o telescópio for lançado.

Mas para que as descobertas possam acontecer, primeiro o James Webb precisa terminar seus testes, ser lançado, e completar, já no espaço, uma série de atividades como a abertura do seu espelho e do seu escudo de calor. Os oficiais da NASA terminaram a teleconferência falando que todos irão segurar a respiração até que o telescópio esteja totalmente aberto e funcionando e pronto para realizar a ciência, como o mundo todo deseja.

Fonte:

NASA delays JWST launch by seven months

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .