Telescópio Espacial Hubble Faz Imagens do Cometa ISON Entre Marte e Júpiter

observatory_150105Como todos sabem, dia 4 de Julho é o dia da independência dos EUA, e para comemorar esse dia o Telescópio Espacial Hubble fez uma bela imagem de fogos de artifícios naturais, do Sistema Solar.

Superficialmente lembrando um foguete, o cometa ISON está viajando em direção ao Sol atualmente a uma velocidade de 48000 mph.

O seu movimento foi registrado no vídeo mostrado acima, feito a partir de uma sequência de imagens capturadas pelo Telescópio Espacial Hubble em 8 de Maio de 2013. No momento em que as imagens foram feitas o cometa estava a 403 milhões de milhas de distância da Terra, entre as órbitas de Marte e Júpiter.

0105-4x5color.ai

O filme mostra uma sequência de observações do Hubble feitas em um intervalo de 43 minutos. Nesse vídeo o cometa viaja 34000 milhas, ou seja, 7 por cento da distância entre a Terra e a Lua. O visitante do espaço profundo cruza silenciosamente contra o fundo estrelado.

Diferente dos fogos de artifício que irão explodir nos céus nesse 4 de Julho de 2013, o cometa não está em combustão, mas de fato ele é bem frio. Sua cauda parecida com um foguete é realmente um fluxo de gás e poeira sendo ejetado pelo seu núcleo congelado, que é circundado por uma brilhante coma. A pressão do vento solar varre o material na cauda como um vento soprando uma biruta.

À medida que o cometa esquenta enquanto ele se aproxima do Sol a taxa de sublimação (um processo similar à evaporação onde o material sólido se transforma diretamente em gás) irá aumentar. O cometa ficará mais brilhante e a sua cauda ficará maior. As previsões mais otimistas dizem que o cometa poderá ser visto a olho nu em Novembro de 2013.

O cometa recebeu esse nome em homenagem à organização que o descobriu, a International Scientific Optical Network baseada na Rússia.

O Telescópio Espacial Hubble é um projeto de cooperação internacional entre a NASA e a Agência Espacial Europeia. O Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Md., gerencia o telescópio. O Space Telescope Science Institute em Baltimore, Md. conduz as operações científicas do Hubble. O STScI é operado por uma associação de universidades para o Research in Astronomy Inc., em Washington, D.C.

cometa_ison_hubble_02

Fonte:

http://www.nasa.gov/content/comet-ison-brings-holiday-fireworks/index.html#.UdNz3vm1HTo

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo