Sonda WISE faz sua Primeira Imagem do Céu

A sonda WISE, sigla para Wide-field Infrared Survey Explorer da NASA capturou sua primeira imagem do céu estrelado e irá em breve iniciar sua pesquisa sobre a luz infravermelha.

Lançada em 14 de Dezembro de 2009, a WISE irá pesquisar todo céu procurando por milhões de objetos escondidos, incluindo asteróides, estrelas e galáxias. Os dados da WISE irão servir como cartas de navegação para outras missões da NASA como o Telescópio Espacial Hubble e o Telescópio Espacial Spitzer, guiando esses instrumentos para os alvos mais interessantes.

A imagem feita pela sonda WISE, foi registrada pouco depois de sua cobertura ter sido removida, expondo os detectores do instrumento pela primeira vez para a luz das estrelas. A imagem mostra aproximadamente 3000 estrelas na constelação de Carina.

A imagem cobre um pedaço do céu equivalente a três vezes o tamanho da lua cheia, e foi apresentada no encontro da Sociedade Astronômica Americana. Esse pedaço foi selecionado pelo fato de não conter nenhum objeto com brilho desconhecido que pudesse de certa forma danificar os detectores da sonda se observado por muito tempo. A imagem foi feita enquanto a sonda era levada para o seu ponto fixo no céu e está sendo utilizada também para calibrar os sistemas da sonda.

Quando a pesquisa da WISE começar, a sonda irá pesquisar o céu de forma continua enquanto realiza sua órbita ao redor da Terra, com um espelho interno realizando um movimento contrário compensatório. Isso permite a sonda WISE fazer fotos a cada 11 segundos, resultando assim em milhões de imagem de todo o céu.

“Até o momento, nós estamos ocupados, calibrando o movimento do espelho interno da sonda para que possa capturar as imagens mais claras do céu”, disse William Irace, gerente de projeto da NASA.

Para realizar o senso infravermelho de estrelas e galáxias a sonda WISE não pode ser contaminada por nenhuma luz própria. Essa condição especial de operação foi conseguida deixando os instrumentos da sonda numa temperatura muito baixa. Os detectores da sonda WISE em temperaturas mais baixas irão operar a menos de 8 Kelvin, ou 445 graus Fahrenheit negativos.

A primeira pesquisa do céu estará completa em seis meses, seguindo por uma segunda pesquisa de metade do céu de três meses.  A missão será encerrada quando o hidrogênio congelado que mantém a sonda em temperaturas baixíssimas evaporar por completo, o que se espera ocorrer em Outubro de 2010.

Imagens preliminares da pesquisa são esperadas para seis meses após o término da missão em Abril de 2011, com um atlas final e um catalogo definitivo, 11 meses depois em Março de 2012. Determinadas imagens selecionadas começarão a ser disponibilizadas ao público em Fevereiro de 2010.

Essa imagem infravermelha da região da constelação de Carina foi feita pela sonda WISE da NASA logo depois de ter sua cobertura retirada.

Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.cfm?release=2010-005&cid=release_2010-005&msource=00510&tr=y&auid=5779154

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo