Sonda MESSENGER Registra Gigantesco Efeito do Clima Espacial Em Mercúrio

hfav3-02


observatory_150105O vento solar de partículas emitido do Sol ajuda a guiar os fluxos e redemoinhos no espaço que são tão complicados como qualquer padrão climático terrestre. Os cientistas registraram agora no planeta Mercúrio, pela primeira vez, um evento clássico do clima espacial chamado de anomalia de fluxo quente, ou HFA, que já havia sido observado anteriormente na Terra, Vênus, Saturno e Marte.

“Os planetas possuem um arco de choque da mesma maneira que os jatos supersônicos”, disse Vadim Uritsky, no Goddard Space Flight Center da NASA em Greenbelt, Maryland. “Essas anomalias de fluxo quente são feitas de ventos solar super aquecido defletidos pelo arco de choque”.

Os resultados foram publicados no Journal of Geophysical Research: Space Physics no dia 15 de Janeiro de 2014. Para identificar a presença de HFAs em Mercúrio, a equipe usou observações feitas pela sonda MESSENGER da NASA para detectar a assinatura de duas HFAs. A primeira medida foi feita do campo magnético que pode ser usado para detectar as gigantescas correntes elétricas que levam às HFAs. A segunda medida foi feita do aquecimento das partículas carregadas. Os cientistas então analisaram essa informação para quantificar qual o tipo de turbulência existente na região, que forneceu a evidência final para a HFA.

Essa não somente é a primeira vez que se identifica HFAs em Mercúrio, mas as observações ajudam também a entender o clima espacial de maneira geral. As HFAs aparecem numa grande variedade de escalas – cerca de 600 milhas de diâmetro em Vênus até cerca de 60000 milhas de diâmetro em Saturno. Esse estudo sugere que o fator mais importante para determinar o tamanho da HFA é a geometria e o tamanho do arco de choque.

Fonte:

http://www.nasa.gov/content/goddard/nasas-messenger-spots-giant-space-weather-effects-at-mercury/#.U6AWdfldV8G


alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.