Sonda Mars Express da ESA Registra Nuvens de Poeira No Polo Marciano

Durante o mês de Junho de 2019, a sonda Mars Express da ESA observou tempestades de poeira sobre o polo norte de Marte e se dispersando em direção ao equador do planeta.

A sonda observou no mínimo 8 diferentes tempestades na borda da calota de gelo entre os dias 22 de Maio e 10 de Junho de 2019, que se formaram e dispersaram muito rapidamente, entre 1 e 3 dias.

Atualmente é primavera no hemisfério norte de Marte, e as nuvens de gelo de água e o levantamento de poeira são eventos frequentemente observados na borda das calotas de gelo. Tempestades locais e regionais que duram alguns dias ou semanas e que ficam confinadas em uma pequena área são comuns em Marte, no caso mais severo elas podem engolfar todo o planeta e durar um ano, como aconteceu em 2018.

Tanto a sonda Mars Express da ESA como a sonda MRO da NASA observam que quando as tempestades de poeira atingem os grandes vulcões, como o Elysium Mons e o Olympus Mons, nuvens orográficas, ou seja, nuvens de gelo de água dirigidas pela influência do talude do vulcão no fluxo de ar, que se desenvolveram começam a evaporar, como resultado da massa de ar que está sendo aquecida pelo influxo de poeira.

Essas tempestades regionais de poeira duram poucos dias em Marte. A circulação do planeta move a poeira elevada e a espalha numa fina névoa na atmosfera inferior. Alguns traços da poeira e das nuvens permaneceram na província vulcânica de Marte até meados do mês de Junho de 2019.

Fonte:

https://earthsky.org/space/dust-storms-mars-north-pole-images

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.