fbpx

SOnda LRO Mostra Detalhes do Anel da Cratera Censorinus na Lua


A cratera da Lua, chamada de Censorinus e que tem 3 km de largura, é um pequeno pedaço brilhante localizado na costa sudeste do Mare Tranquilitatis. É impressionante que uma cratera brilhante como essa tenha raios restritos. Essa imagem acima, foi feita com a câmera de ângulo restrito da sonda Lunar Reconnaissance Orbiter e destaca a metade leste da parede interna da cratera e a crista do anel que aparece bem nítida na imagem. A equipe da LRO aponta que o anel é mais pobremente definido na área do quadrado branco mostrado acima, e eles especulam que variações na força da rocha possa ser responsável por isso. Provavelmente mesmo, essa é a razão. Outra característica dessa área é que as correntes de material escuro ejetado, correntes essas que são absolutamente truncadas no lado norte e nordeste do anel, ou seja, à esquerda da imagem, fluíram tanto dentro como fora do anel da cratera. Uma vez que esse segmento do anel colapsar essas rochas escuras serão truncadas também. Isso mostra, assumindo que a rocha escura foi ejetada toda no mesmo momento, que o anel da cratera de impacto não se colapsou como um todo em um instante glorioso, mas que no mínimo, alguns pedaços colapsaram e caíram no interior da cratera depois da maioria. Esse tipo de comportamento também já foi visto para crateras complexas também. Embora a mais importante modificação da cavidade gerada pelo impacto inicial aconteceu rapidamente e posteriormente somente alguns ajustes nessa configuração foram realizados.

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/October+9%2C+2011


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .