fbpx

Sonda Juno Registra Tempestade Extremamente Complexa Em Júpiter

Algumas tempestades em Júpiter são bem complexas. Essa tempestade se espiralando foi registrada no mês de Outubro de 2017 pela sonda Juno da NASA. A imagem se espalha por cerca de 3000 quilômetros, isso faz com que essa tempestade tenha a largura do planeta Terra. A tempestade gira em sentido anti-horário e mostra um padrão de nuvens que inclui ascensões mais claras que devem ser compostas predominantemente por gelo de amônia. Essas nuvens claras são mais altas e geram sombras que podem muito bem ser identificadas na parte direita da imagem. A Juno continuará orbitando Júpiter por mais alguns anos e irá tentar enviar dados que farão com que os cientistas possam entender melhor a abundância de água atmosférica em Júpiter e se o planeta tem uma superfície sólida ou não abaixo dessas nuvens fascinantes.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap171128.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .