Será Que O Material Escuro Identificado no Interior da Bacia Caloris Em Mercúrio Tem Origem Explosiva?

EN1010039124M_web

observatory_1501054Essa imagem de alta resolução mostra uma região do anel sul da grande Bacia Caloris. No centro está uma depressão de forma irregular, que se acredita seja uma abertura vulcânica piroclástica. Numa imagem anterior (mostrada abaixo), podemos ver essa feição na parte superior direita, como tendo uma coloração avermelhada com o centro escuro. O que seria essa região escura, material de baixa refletância, os chamados LRM? Essa é a questão que está sendo ativamente feita pela equipe científica da sonda MESSENGER. A maior parte das aberturas piroclásticas não possui esse material escuro, mas outras feições mostram pequenos afloramentos deles, como as crateras Berkel e Seuss.

A imagem acima foi adquirida como parte das observações planejadas de alta resolução. Observações planejadas são imagens feitas de pequenas áreas da superfície de Mercúrio com resoluções muito maiores que os tradicionais 200 metros por pixel das imagens usadas no mapa base morfológico. Não é possível cobrir toda a superfície de Mercúrio com essa alta resolução, mas normalmente, áreas de grande interesse científico são imageadas nesse modo a cada semana.

EW0218203149I_pho_996-559-433

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=1&gallery_id=2&image_id=1179

alma_modificado_rodape1053

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.