Rover Curiosity Observa Eclipse Anelar do Sol Pela Lua Phobos Em Marte

pia17356-640


observatory_1501054Imagens feitas com a lente telefoto da câmera do rover Curiosity da NASA em Marte registrou a maior lua do planeta, Phobos, passando diretamente em frente ao Sol – essas são as imagens mais nítidas de um eclipse solar já feitas desde o solo do planeta Marte.

Phobos, não cobriu totalmente o Sol, como visto desde a superfície de Marte, assim o eclipse foi o do tipo conhecido como anelar. Um conjunto de três frames feitos pela Mast Camera (Mastcam) do Curiosity, com três segundos de intervalo entre eles enquanto Phobos eclipsava o Sol, está disponível em: http://www.jpl.nasa.gov/spaceimages/details.php?id=PIA17356 .

As imagens representam os primeiros frames de resolução completos que foram transmitidos para a Terra na série de imagens enviadas em 17 de Agosto de 2013. A série poderá mais tarde fornecer um filme do eclipse. O Curiosity parou a sua caminhada durante esse dia para poder registrar o eclipse.

“Esse evento aconteceu perto do meio dia para a hora local do Curiosity, que colocou Phobos no seu ponto mais próximo do rover, aparecendo maior contra o Sol do que ele apareceria em outras horas do dia”, disse Mark Lemmon, da Universidade A&M Texas em College Station, um copesquisador que utiliza a Mastcam do Curiosity.  “Isso é o mais próximo de um eclipse total do Sol que você pode observar em Marte”.

Observações feitas das luas marcianas, Phobos e Deimos, pelo rover Curiosity e pelo antigo mais ainda ativo rover Opportunity, estão ajudando os pesquisadores a obterem um conhecimento mais preciso da órbita das luas. Durante as observações de 17 de Agosto de 2013, a posição de Phobos cruzando o Sol foi de 2 a 3 quilômetros mais perto do centro da posição do Sol, do que antecipavam os pesquisadores.

Lemmon disse, “Essa é de longe a imagem mais detalhada de qualquer trânsito lunar marciano, já feita, e é especialmente útil, pois é de um eclipse anelar. Ela mostrou que o eclipse aconteceu mais perto do centro do Sol do que foi previsto, de modo que nós aprendemos alguma com isso”.

O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia, gerencia o Programa Mars Science Laboratory para o Science Mission Directorate da NASA em Washington. O JPL desenhou e construiu o rover Curiosity do projeto.

A empresa Malin Space Science Systems, em San Diego, construiu e opera o instrumento Mastcam e dois outros instrumentos do Curiosity.

Mais informações sobre o Curiosity podem ser encontradas online em http://www.jpl.nasa.gov/msl , http://www.nasa.gov/msl e http://mars.jpl.nasa.gov/msl/ . Você pode seguir a missão no Facebook, em:  http://www.facebook.com/marscuriosity e no Twitter em http://www.twitter.com/marscuriosity .

Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?release=2013-263


alma_modificado_rodape1053

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.