Rigel e a Nebulosa da Cabeça da Bruxa

À luz das estrelas, esse rosto estranho brilha no escuro, um perfil torto evocando seu nome popular, a Nebulosa da Cabeça da Bruxa. Na verdade, essa fascinante imagem feita através de um telescópio, dá a impressão de que a bruxa fixou seu olhar na brilhante estrela supergigante de Orion, Rigel. Oficialmente conhecida como IC 2118, a Nebulosa da Cabeça da Bruxa se espalha por cerca de 50 anos-luz e é composta por grãos de poeira interestelar que refletem a luz da estrela Rigel. A cor azul da Nebulosa da Cabeça da Bruxa e da poeira que rodea Rigel é causada não só pela intensa luz azul de Rigel, mas também porque os grãos de poeira dispersam a luz azul mais eficientemente do que a luz vermelha. O mesmo processo físico faz com que o céu na Terra, de dia, apareça azul, embora os dispersores na atmosfera da Terra sejam moléculas de nitrogênio e oxigênio. Rigel, a nebulosa da cabeça de bruxa e o gás e a poeira que as rodeia localizam-se a cerca de 800 anos-luz de distância da Terra.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap180115.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.