O Retrato de Um Asteroide Condenado

Um novo estudo levantou uma possibilidade para explicar os misteriosos brilhos de raios-X detectados Observatório de Raios-X Chandra por alguns anos na região de Sagittarius A*, ou Sgr A*. O estudo sugere uma nuvem ao redor de Sgr A*, um buraco negro supermassivo localizado no centro da Via Láctea, que contém centenas de trilhões de asteroides e cometas que foram arrancados de suas estrelas originais. A emissão do brilho ocorre quando asteroides de seis milhas ou mais de raio são consumidos pelo buraco negro. Um asteroide que participou de um encontro imediato com outro objeto como uma estrela ou planeta pode ser ejetado em uma órbita diretamente direcionada para Sgr A*. se o asteroide passa a uma distância de 100 milhões de milhas do buraco negro, mais ou menos a distância entre a Terra e o Sol, ele é quebrado em pedaços devido às forças de maré do buraco negro. Esses fragmentos seriam então vaporizados pela fricção à medida que eles passassem pelo gás fino e quente fluindo no Sgr A*, esse processo seria algo similar ao que acontece com um meteoro que é aquecido e causa um clarão quando entra na atmosfera da Terra. Uma emissão de energia é produzida e eventualmente a parte remanescente do asteroide é engolida pelo buraco negro.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_2172.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.