fbpx

Quasar Distante Pode Revelar os Segredos do Universo Primordial – Sapce Today TV Ep.1382

—————————————————————————–

**** CONHEÇA A LOJA OFICIAL DO SPACE TODAY!

http://www2.spacetodaystore.com

Camisetas, e muitos produtos para vocês. Visite!

—————————————————————————–

Durante o final de semana, vocês tiveram uma overdose sobre objetos extremos do nosso universo.

Expliquei para vocês o que são os blazars que gerou o neutrino detectado pelo IceCube, mas no mesmo vídeo expliquei que os AGNs podem ser de outros tipos, como quasars, rádio galáxias e galáxias do Tipo Seyfert.

Entre esses objetos, talvez os quasars sejam os mais estudados, os mais famosos, estão localizados a grandes distâncias no universo e por isso podem revelar segredos do universo primordial e das primeiras galáxias.

Usando as antenas do radiotelescópio conhecido como Very Long Baseline Array, ou VLBA, astrônomos conseguiram detectar um quasar localizado a cerca de 13 bilhões de anos-luz de distância da Terra, ou seja, bem próximo do início do universo.

Os astrônomos observaram o quasar quando o universo tinha menos de 1 bilhão de anos de vida, ou seja, cerca de 7% da sua idade atual.

Isso pode revelar segredos importantes principalmente aqueles ligados à formação das primeiras galáxias.

Como eu expliquei para vocês, os quasars emitem jatos de partículas relativísticas, e nós observamos esse jato com uma determinada angulação.

Esse quasar observado, o P352-15 mostra três componentes bastante intensos e brilhantes no comprimento de ondas de rádio.

Isso pode muito bem representar, o buraco negro central (lembrando que na verdade estamos vendo o disco de acreção desse buraco negro), e as duas emissões laterais podem representar as pontas dos jatos de partículas relativísticas.

Com isso os astrônomos poderão medir o comprimento e a velocidade dos jatos relativísticos e esse quasar poderá então se tornar o objeto mais distante onde esse tipo de medição pôde ser realizada.

Isso considerando que só estamos vendo um jato do quasar.

Se estivermos vendo os dois jatos os astrônomos podem dizer que são jatos jovens ainda mergulhados no denso gás que está reduzindo a velocidade deles.

Serão necessárias mais observações para que os astrônomos possam decidir o tipo de quasar que estão observando.

Um objeto assim brilhante, numa distância enorme pode realmente nos dizer muita coisa sobre o universo primordial.

É realmente impressionante como esses objetos, que na verdade são buracos negros supermassivos se alimentando podem nos ensinar muito sobre o universo em que vivemos, e é muito bom ver eles tomando conta da mídia astronômica atualmente.

Fonte:

https://public.nrao.edu/news/distant-quasar-early-universe

Artigo:

https://arxiv.org/pdf/1807.02531.pdf

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.