Parélio de 120 Graus É Registrado Sobre Easton na Pensilvânia

O parélio de 120 graus mostrado acima é um brilhante foco azulado localizado a 120 graus do Sol. Esse em particular estava alto no céu um pouco antes da Lua aparecer em Easton, no estado americano da Pensilvânia, em 10 de Março de 2012. Esse tipo de fenômeno pode ser observado dentro do chamado círculo parélico que circula o céu na mesma altura do Sol. Apesar dos parélios de 120 graus serem normalmente menos proeminentes e assim observados com menos frequência, sempre existe uma chance de observá-los em qualquer momento em que nuvens do tipo cirros compostas de cristais de gelo varram o céu. De fato essa é a terceira vez que o fotógrafo que registrou esse acima fotografou um em menos de dois anos e meio. Os parélios se formam quando a luz do Sol é refletida em cristais de gelo hexagonais em forma de prato que são todos orientados como pratos de jantar, de modo que as faces laterais desses cristais estejam na vertical. Pelo fato dos parélios serem resultado da reflexão e não da refração eles não oferecem a beleza de cores que são observadas em outros fenômenos ópticos celestes como os arcos que se formam no céu. Apesar de tudo é um prazer ver esses focos solares iluminando o céu como se fossem outros sóis mais afastados do Sol verdadeiro.

Fonte:

http://epod.usra.edu/blog/2012/04/the-120-degree-paranthelion-over-easton-pennsylvania.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.