Panorama Feito Pelo Rover Curiosity da NASA Mostra o Monte Sharp Em Detalhes

monte_sharp_panorama_01

observatory_150105Se erguendo acima da atual localização do rover Curiosity da NASA em Marte, mais alto do que qualquer montanha dos 48 estados continentais dos EUA, o Monte Sharp é mostrado em novas imagens adquiridas pelo Curiosity.

Um par de mosaicos montados a partir de dezenas de imagens feitas com telefoto mostra o Monte Sharp em grande detalhe. As imagens foram feitas com uma lente telefoto de 100 mm montada no lado direito do mastro de sensoriamento remoto do Curiosity, durante o quadragésimo quinto dia de trabalho do Curiosity em Marte, em 20 de Setembro de 2012.

Esse monte repleto de camadas, também chamado de Aeolis Mons, no centro da Cratera Gale tem mais de 5 km de altura acima do assoalho da cratera onde está o Curiosity. Os taludes inferiores do Monte Sharp permanecem sendo o destino da missão, apesar do rover gastar ainda muitas semanas ao redor da região conhecida como Baía Yellowknife, onde o rover já encontrou evidências de um ambiente antigo favorável para o desenvolvimento da vida microbiana.

Uma versão do mosaico que foi balanceada para mostrar o terreno como se ele estivesse sendo visto com a luz da Terra, e que faz o céu parecer azul pode ser encontrada em: http://www.jpl.nasa.gov/spaceimages/details.php?id=PIA16768. Essas imagens balanceadas ajudam os cientistas a reconhecerem os materiais rochosos com base na experiência terrestre. O céu marciano pareceria com uma tonalidade mais familiar ao olho humano. Uma versão do mosaico com uma cor bruta, parecendo com uma cena obtida pela máquina de um telefone celular, pode ser encontrada em: http://www.jpl.nasa.gov/spaceimages/details.php?id=PIA16769. Tanto a imagem processada como a imagem bruta está disponível em imagens interativas com zoom em: http://www.gigapan.com/gigapans/125627 e http://www.gigapan.com/gigapans/125628, respectivamente.

Em ambas as versões o céu foi preenchido com cores extrapoladas e com informações de brilho de porções do céu que foram capturadas em outras imagens do terreno.

O projeto Mars Science Laboratory da NASA está usando o rover Curiosity e 10 instrumentos para investigar a história ambiental dentro da Cratera Gale, um local onde o projeto já encontrou que condições ali existentes a muito tempo atrás foram favoráveis para o desenvolvimento da vida microbiana.

A Malin Space Science Systems, em San Diego, construiu e opera o instrumento conhecido como Mast Camera, ou Mastcam. O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena, gerencia a missão Mars Science Laboratory para o Science Mission Directorate da NASA em Washington, construiu o rover.

Para mais informações sobre a missão visite: http://www.nasa.gov/msl e http://mars.jpl.nasa.gov/msl.

Siga a missão no Facebook em http://www.facebook.com/marscuriosity e no  Twitter em: http://www.twitter.com/marscuriosity.

monte_sharp_panorama_02

Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?release=2013-097&cid=release_2013-097&msource=2013097~

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo