Os Satélites da NASA e Seus Poderosos LASERS


Enquanto que a maioria dos satélites trabalha como verdadeiras câmeras digitais e de forma passiva registrando um espectro restrito de radiação emitida e refletida, no caso de câmeras radiação essa que se encontra no comprimento de onda da luz visível, outros tipos de satélites equipados com os chamados LIDAR, ou Light Detection And Ranging, usam feixes de laser que pulsam rapidamente para detectar de forma ativa feições específicas.

Medidas feitas com o LIDAR em anos recentes têm fornecido informações detalhadas sobre a topografia da superfície da Terra e características de nossa atmosfera. O ICESat, uma missão da NASA que constitui de um altímetro laser e que foi lançada em 2003, monitora as mudanças na elevação das camadas de gelo tanto no Ártico como na Antártica, além disso a missão também cria mapas 3D da cobertura de florestas ao redor do mundo. Desde 2006, o satélite CALIPSO da NASA tem detectado nuvens e partículas que refletem ou absorvem calor e ajudam a influenciar o clima global.

No vídeo abaixo é possível aprender como essa avançada tecnologia é usada para estudar os contornos de gelo, as nuvens, e até mesmo o terreno repleto de crateras da Lua.

Fonte:

http://svs.gsfc.nasa.gov/vis/a010000/a010800/a010835/


Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.