O Segundo Voo do Helicóptero Ingenuity Em Marte

O helicóptero Ingenuity da NASA em Marte completou com sucesso o seu segundo voo nesse dia 12 de abril de 2021, o seu sol 18 na janela de teste de voos do helicóptero em Marte, lembrando que sol é o nome que se dá a um dia marciano. Durando 51.9 segundos, o voo adicionou novos desafios com relação ao primeiro e histórico voo realizado em 19 de abril de 2021, incluindo uma altitude máxima maior, uma duração maior e um movimento lateral.

Os dados de telemetria recebidos se ajustaram muito bem com a modelagem feita por computador sobre o segundo voo do Ingenuity. A equipe do helicóptero já tem dois voos do helicóptero e uma grande quantidade de dados para que eles possam aprender bastante sobre como é voar em Marte.

Para esse segundo voo de teste no Campo dos Irmãos Wright, o Ingenuity decolou às 6:33, hora de Brasília, que é o equivalente a 12:33 hora local marciana. Enquanto que no primeiro voo, o Ingenuity atingiu uma altura máxima de 3 metros, nesse segundo voo a altura máxima foi de 5 metros. Depois do helicóptero pairar no ar por um tempo, seu sistema de controle de voo realizou uma pequena inclinação de 5 graus, permitindo que os rotores gerassem um pequeno empuxo  acelerando o helicóptero lateralmente por cerca de 2 metros.

O helicóptero então parou, pairou novamente no lugar, e apontou a sua câmera para diferentes direções. Então ele retornou ao centro do campo de voo. Tudo isso parece muito simples, mas como sabemos, tem muita coisa nova e desconhecida com o voo em Marte, e é por isso que o Ingenuity foi criado, para tornar o desconhecido, conhecido.

Operar uma aeronave de forma controlada em Marte é muito mais difícil do que voar qualquer coisa na Terra. Mesmo a gravidade em Marte sendo 1 terço da gravidade terrestre, o helicóptero precisa voar numa atmosfera que tem somente 1% da densidade da atmosfera da Terra na sua superfície. Cada segundo de cada voo fornece uma grande quantidade de dados de voo que podem ser usados para comparações, modelagens, simulações e testes. Além disso, a NASA também ganha sua primeira experiência prática em operar de forma remotamente uma aeronave em Marte. Esses dados serão fundamentais para missões futuras em Marte com aeronaves maiores, adicionando uma dimensão aérea na exploração do Planeta Vermelho.

O projeto do helicóptero Ingenuity em Marte, é uma prova de tecnologia. Se o Ingenuity encontrar qualquer problema, dificuldade, durante os 30 sol de sua missão em Marte, a parte científica da missão do rover Perseverance não será impactada e nem estará comprometida.

Como no primeiro voo de teste, o rover Perseverance também obteve imagens do voo a cerca de 64.3 metros de distância do helicóptero, observando tudo, desde o Ponto de Observação Van Zyl, usando a sua Navcam e a Mastcam-Z para fazer as imagens. O conjunto inicial de dados, incluindo algumas imagens do voo, foram recebidos pela equipe do Ingenuity, às 10:20 no horário de Brasília, desse dia 22 de abril de 2021.

Para o segundo voo foi testado algo um pouco diferente, mexendo com o zoom de uma das câmeras do PErseverance. Para o primeiro voo, uma das câmeras ficou em zoom máximo na zona de decolagem e pouso. Para esse segundo voo, foi retirado um pouco do zoom para se ter uma visão mais ampla do voo.

Pelo fato dos dados e das imagens indicarem que o helicóptero Ingenuity não só sobreviveu ao segundo voo, como também voou da maneira que se havia previsto, a equipe do Ingenuity está considerando como será a melhor maneira de expandir os perfis dos próximos voos para adquirir dados aeronáuticos adicionais dos testes de se voar em outro mundo.

O Ingenuity Mars Helicopter, foi construído pelo JPL, que também gerencia essa demonstração de tecnologia para a sede da NASA. Ele é suportado pelo Science Mission Directorate da NASA, pelo Aeronautics Research Mission Directorate, e pelo Space Technology Mission Directorate. O Ames Research Center da NASA e o Langley research Center fornecem análises significantes da performance do voo e assistência técnica durante o desenvolvimento do Ingenuity.

Na se de da NASA, Dave Lavery é o executivo do programa para o Ingenuity Mars Helicopter. No JPL MiMi Aung é a gerente de projeto e J. Bob Balaram é o engenheiro chefe.

Para mais informações sobre o Ingenuity, acesse:

https://go.nasa.gov/ingenuity-press-kit

e

https://mars.nasa.gov/technology/helicopter

O principal objetivo da missão do rover Perseverance da NASA em Marte está relacionado com a astrobiologia, incluindo a pesquisa de antigos sinais de vida microbiana. O rover irá caracterizar a geologia do planeta, o seu clima no passado e irá pavimentar o caminho do ser humano na exploração do Planeta Vermelho, e será a primeira missão a coletar amostras de rochas e do regolito marciano.

Missões subsequentes da NASA em cooperação com a ESA, irão enviar sondas para Marte para coletar as amostras seladas na superfície de Marte e enviar de volta essas amostas para a Terra.

A missão Mars2020 do rover Perseverance da NASA é parte da abordagem da NASA para a exploração da Lua e de Marte que inclui as missões Artemis para a Lua que ajudarão a preparar a exploração humana do Planeta Vermelho.

O JPL, que é gerenciado para a NASA pelo Caltech em Pasadena na Califórnia, construiu e gerencia as operações do rover Perseverance.

Para mais informações do Perseverance, acesse:

nasa.gov/perseverance

e

mars.nasa.gov/mars2020/

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.