fbpx

O Que Realmente Aconteceu Com a Câmera da NASA Que Foi Derretida?

A câmera derretida da NASA viralizou essa semana nas redes sociais. Mas como muito acontece com quase tudo que é divulgado nas redes, só uma parte da história foi contada, aqui vai a história completa.

O fotógrafo da NASA, Bill Ingalls tem feito fotos para a agência por no mínimo 30 anos. Sua criatividade e seus esforços para registrar imagens únicas são características bem conhecidas dentro da agência e por quem o segue. Ele sabe onde colocar suas câmeras, então o que explica o gif mostrando nesse post?

“Eu tinha 6 câmeras remotas, duas fora do perímetro de segurança da base de lançamento e quatro dentro”, disse Ingalls. “Infelizmente, o fogo gerado pelos motores na hora do lançamento tostou uma das câmeras fora do perímetro”.

A localização e a vegetação pode ser vista na imagem abaixo. Uma vez que o fogo atingiu a câmera, ela foi rapidamente engolfada. O corpo da câmera começou então a derreter. Quando Ingalls voltou para o local para recolher as câmeras, os bombeiros já estavam esperando por ele. Reconhecendo que a câmera foi destruída, Ingalls forçou abrir o corpo da câmera para resgatar o cartão de memória. O cartão estava intacto de forma impressionante, então foi possível recuperar a visão do fogo chegando na câmera.

Ironicamente, as 4 câmeras colocadas dentro do perímetro estavam intactas, bem como a outra câmera remota. A câmera danificada era a que estava mais longe da base de lançamento, um quarto de milha de distância.

A câmera tostada, como disse Ingalls, será colocada como exposição em algum local da sede da NASA em Washington. Ingalls, já viajou para o Cazaquistão onde irá fazer a cobertura fotográfica do lançamento da tripulação da Expedição 55 para a ISS no dia 3 de Junho de 2018. Ele espera dessa vez não perder câmera alguma.

Fonte:

https://www.nasa.gov/feature/what-really-happened-to-that-melted-nasa-camera

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .