O Montes Spitzbergen na Lua

Situada a 65 quilômetros a norte da parte terminal externa norte da cratera Archimedes, a cadeia como um todo tem aproximadamente 60 quilômetros de comprimento e é provavelmente a parte remanescente do que uma vez foi uma montanha de anel fina e interna. Apesar do fato de que nenhum dos picos individuais atingem uma altura de mais de 1500 metros, tanto no pôr-do-Sol como no nascer do Sol alguns deles geram sombras finas e longas e nessa ocasião elas se espalhavam por 65 quilômetros para oeste da cadeia. Imediatamente a oeste do Montes Spitzbergen é uma cadeia de dobra fina e de topo achatado que gentilmente faz movimentos meandrantes para baixo a 12 quilômetros da cratera Kirch e então continua na sua jornada para o norte quase chegando até o Mons Pico.

Fonte:

https://lpod.wikispaces.com/April+10%2C+2012

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.