fbpx

O Contraste Entre a Superfície Suave e Rugosa na Lua


A imagem acima mostra uma porção do Monte Bradley, formado por materiais de terras altas da Lua, local esse a 150 km a sudoeste do local de pouso da Apollo 15.

A metade sul dessa imagem possui uma textura laterítica, rugosa, enquanto que a metade norte mostra uma superfície relativamente suave salpicada com pequenas crateras de impacto. A textura rugosa ocorre no talude norte do Monte Bradley, e faz uma transição gradativa para a superfície mais suave ao invés de produzir um contato abrupto.

Qual é a origem desses dois tipos de superfícies contrastantes? A área superior mais suave pode ser uma antiga cobertura de material ejetado cobrindo uma superfície pré-existente. Nesse caso, a área mais suave é mais jovem. Se sim, por que existem tantas crateras na parte da superfície mais suave? O regolito da superfície (rocha não consolidada compreendendo o primeiros metros de grande parte da superfície lunar) pode ter sido removido na área sul, armazenando ao longo de sua extensão feições de impacto. Mas que mecanismo pode ter removido o regolito dessa área?

Dados obtidos com o Lunar Orbiter Laser Altimeter (LOLA) revela um talude quase uniforme que desce do topo do Monte Bradley até a fronteira entre a porção rugosa e suave, num ponto em que o talude então mergulha. Isso pode sugerir que a origem dessa textura é a perturbação do regolito – talvez o resultado do baixo talude do Monte Bradley. Nesse caso, a superfície rugosa poderia ser mais jovem do que a superfície mais suave. Observando essas imagens detalhadas pode-se então perguntar, quais seriam as outras pistas que podem ser procuradas para explicar as origens e determinar a idade relativa dessas interessantes unidades rochosas?

Fonte:

http://lroc.sese.asu.edu/news/index.php?/archives/449-Leathery-vs-smooth-surface.html


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .