O Aglomerado Estelar NGC 602

Perto da periferia da Pequena Nuvem de Magalhães, uma galáxia satélite da Via Láctea, localizada a cerca de 200 mil anos-luz de distância da Terra, está o aglomerado estelar jovem com 5 milhões de anos de vida, o NGC 602. Circundado por seu gás e sua poeira natal, o NGC 602 aparece nessa bela imagem que na verdade é uma integração de dados obtidos pelo Hubble no comprimento de onda da luz visível, pelo Chandra, nos raios-X e pelo Spitzer no infravermelho. Cordilheiras fantásticas e formas recuadas sugerem fortemente que a radiação energética e as ondas de choque das estrelas massivas do NGC 602 erodiram o material empoeirado e dispararam uma progressão da formação de estrelas que começaram a acontecer longe do centro do aglomerado. Na distância estimada da Pequena Nuvem de Magalhães, a foto acima se espalha por cerca de 200 anos-luz, mas é possível ver em segundo plano várias galáxias. Essas galáxias em segundo plano a centenas de milhões de anos-luz além do NGC 602.

Fonte:

https://apod.nasa.gov/apod/ap180324.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.