NGC6751: A Nebulosa do Olho Brilhante

ngc6751_hst_715

observatory_150105As nebulosas planetárias podem parecer simples, redondas e parecidas com planetas em pequenos telescópios. Mas as imagens obtidas pelo Telescópio Espacial Hubble tem se tornado bem conhecidas por mostrar esses escudos de gás fluorescentes de estrelas moribundas parecidas como o Sol que apresentam uma grande variedade de formas e simetrias em detalhe. A imagem acima, na verdade é uma imagem composta colorida, feita pelo Hubble que mostra a NGC 6751, a Brilhante Nebulosa do Olho que é um belo exemplo de uma clássica nebulosa planetária com feições complexas. Essa imagem foi selecionada em Abril de 2000 para comemorar o décimo aniversário do Hubble na órbita da Terra, mas foi reprocessada recentemente por um astrônomo amador como parte do programa Hubble LEgacy. Ventos e a radiação proveniente de uma estrela central intensamente quente, 140000 graus Celsius, aparentemente criou as feições da nebulosa. O diâmetro verdadeiro da nebulosa é de aproximadamente 0.8 anos-luz ou algo em torno de 600 vezes o tamanho do nosso Sistema Solar. A NGC 6751 está localizada a 6500 anos-luz de distância da Terra, na constelação de Aquila, a Águia.

Fonte:

alma_modificado_rodape105

 

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo