fbpx

NGC 2170: Uma Verdadeira Pintura Cósmica

NGC2170-hires3

observatory_150105Nessa pintura celeste semelhante a um quadro de natureza morta, composta com um pincel cósmico, mostra a nebulosa empoeirada NGC 2170 brilhando na parte esquerda central da imagem. Refletindo a luz das estrelas quentes próximas, a NGC 2170 junta-se a outras nebulosas de reflexão azuladas, a uma região de emissão vermelha, muitas nebulosas escuras de absorção, e um pano de fundo repleto de estrelas coloridas. Como os itens domésticos escolhidos normalmente pelos pintores de natureza morta como temas de suas obras, essas nuvens de gás, poeira e estrelas quentes são também normalmente encontradas nessa cena, ou seja, uma nuvem molecular massiva de formação de estrelas na constelação de Monoceros. A gigantesca nuvem molecular, Mon R2, é impressionantemente próxima, localizada a uma distância aproximada de “somente” 2400 anos-luz. Nessa distância estimada, essa pintura cósmica tem mais de 40 anos-luz de diâmetro.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap130114.html

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo