fbpx

Nas Montanhas da Loucura

LovecraftRoerich

observatory_150105A imagem acima mostra uma visão em perspectiva de duas crateras recém nomeadas perto do polo sul de Mercúrio. Para criar essa imagem, uma porção do mapa base monocromático do instrumento MDIS foi colocado sobre um modelo digital de elevação. A topografia foi exagerada por um fator de 7 para acentuar a rugosidade formada por inúmeras crateras sobrepostas.

Em primeiro plano, a luz do Sol destaca boa parte do anel da cratera escura Lovecraft. Essa cratera recebeu esse nome em homenagem ao autor americano Howard Phillips Lovecraft (1890 – 1937). A cratera Roerich, maior, recebeu esse nome em homenagem ao pintor russo Nicholas Roerich (1874 – 1947), ela está localizada um pouco para o norte da cratera Lovecraft. Um dos mais famosos trabalhos de Lovecraft, foi Nas Montanhas da Loucura (At the Mountains of Madness), que narra uma expedição científica ao polo sul, e faz referências aos trabalhos de Roerich, em particular, à sua pintura do plat6o tibetano e das montanhas dos Himalaias. Porções da cratera Lovecraft estão permanentemente na escuridão, e possuem os chamados materiais brilhantes de radar. Depósitos similares no polo norte de Mercúrio estão associados com o gelo de água e ao material escuro incomum.

Fonte:

http://messenger.jhuapl.edu/gallery/sciencePhotos/image.php?page=1&gallery_id=2&image_id=1138

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo