Módulo Philae Pousou 3 Vezes no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko


pia18875-16


observatory_15010541Na última quarta-feira, dia 12 de Novembro de 2014, a missão Rosetta da Agência Espacial Europeia pousou o módulo Philae com sucesso na superfície do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Descendo a uma velocidade de 3.2 km/h o módulo, tocou pela primeira vez e seu sinal foi recebido às 13:03, hora de Brasília.

Parcialmente, devido a uma falha no sistema de arpões, e devido à baixa gravidade do cometa, cerca de 100 000 vezes menor que a da Terra, o Philae, sofreu um rebote na superfície e vou por cerca de 1 quilômetro acima da superfície do cometa. Por volta das 14:53, hora de Brasília, cerca de duas horas depois do primeiro impacto, o Philae tocou novamente a superfície do cometa. Um segundo rebote, mais modesto aconteceu, fazendo com que o módulo voasse novamente. O terceiro contato do Philae com a superfície do cometa aconteceu de maneira mais calma. Às 15:00, hora de Brasília, o módulo Philae da sonda Rosetta, tornou-se a primeira sonda a realizar um pouso num cometa.


Searching_for_Philae_node_full_image_2


Os controladores da missão Rosetta acreditam que o Philae está em um buraco de cerca de 2 metros de diâmetro e dois metros de profundidade, mas está localizado no seu lado. Enquanto o módulo não está ancorado ele permanece instável, e oito de seus 10 instrumentos já começaram a enviar dados de volta. A equipe de ciência está trabalhando nos próximos passos.

“O Philae está na superfície e fazendo um trabalho maravilhoso, trabalhando muito bem, e nós podemos dizer que estamos muito felizes com o módulo”, disse Paolo Ferri, chefe de operações de missão no Centro de Operações Espaciais Europeias, em Darmstadt, Alemanha.

As equipes ainda estão trabalhando para confirmar o local e a quantidade de energia, além da situação térmica a bordo do Philae. O módulo recebe energia de painéis solares. Aparentemente algumas partes do módulo ficaram na sombra pelo tempo, na última noite em que dados de telemetria da superfície estavam sendo transmitidos.


ESA_Rosetta_OSIRIS-NAC_Landing_site_50km


Lançada em Março de 2004, a sonda Rosetta foi reativada em Janeiro de 2014, depois de passar 957 dias hibernada. A missão consiste de um módulo orbital e um módulo de pouso. Seus objetivos desde que chegou no cometa 67P/Churyumov-Gerasmienko tem sido estudar o objeto celeste de perto, com um detalhe sem precedentes. O módulo orbital continuará seguindo as mudanças do cometa enquanto ele passa perto do Sol.

O sistema de imageamento OSIRIS – Onboard Scientific Imaging System – foi construído por um consórcio liderado pelo Instituto para Pesquisa do Sistema Solar Max Planck, da Alemanha, em colaboração com o CISAS, University of Padua (Itália), o Laboratoire d’Astrophysique de Marseille (França), o Instituto de Astrofísica de Andalucia, CSIC (Espanha), o Scientific Support Office of the European Space Agency (Holanda), o Instituto Nacional de Técnica Aeroespacial (Espanha), a Universidad Politéchnica de Madrid (Espanha), o Department of Physics and Astronomy of Uppsala University (Suécia), e o  Institute of Computer and Network Engineering of the TU Braunschweig (Alemanha). O OSIRIS foi suportado financeiramente pelas agências espaciais da Alemanha (DLR), França (CNES), Itália (ASI), Espanha (MEC), e Suécia (SNSB) e o ESA Technical Directorate. A Rosetta é uma missão da Agência Espacial Europeia com contribuições dos estados membros e da NASA.


bouncy-landing-141114b-hp


O modulo Philae, foi concebido por um consórcio liderado pelo Centro Aeroespacial da Alemanha, em Colônia, o Instituto Max Planck para Pesquisa do Sistema Solar em Gottingen, o Centro Ncional de Estudos Espaciais da França (CNES), em Paris e a Ag6encia Espacial Italiana em Roma. O Laboratório de Propulsão a Jato da NASA em Pasadena, na Califórnia, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia, gerencia a participação dos EUA na missão Rosetta para o Science Mission Directorate da NASA em Washington.

Para mais informações sobre os instrumentos norte-americanos a bordo da Rosetta, visitem: http://rosetta.jpl.nasa.gov

Mais informações sobre a Rosetta, estão disponíveis em: http://www.esa.int/rosetta


philae-bouncy-comet-landing-141113b-02


Fonte:

http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?release=2014-396&utm_source=iContact&utm_medium=email&utm_campaign=NASAJPL&utm_content=daily20141113

alma_modificado_rodape10531

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.