fbpx

Missão NEOWISE Faz Novo Senso dos Asteroides Próximos da Terra


Na imagem acima, consideramos que os tamanhos não estão em escala, desse modo, o Sol, no centro, e os planetas do Sistema Solar interno são mostrados nessa ilustração, onde cada ponto vermelho representa um asteroide. Novos resultados obtidos pela missão NEOWISE, a porção caçadora de asteroides no infravermelho da missão WISE, são mostrados na metade esquerda da imagem em comparação com a antiga projeção da população de asteroides de tamanho médio ou maior que residem próximos da Terra que foram registrados no comprimento de onda da parte visível do espectro. E a boa notícia é, as observações feitas pelo NEOWISE estimam que existam 40% menos asteroides próximos da Terra com diâmetro maior que 100 metros do que indicado pelas pesquisas feitas com a luz visível. Com base no imageamento em infravermelho, os resultados do NEOWISE são mais precisos. Aquecidos pelo Sol, os asteroides de mesmo tamanho irradiam a mesma quantidade de luz infravermelha, mas podem refletir diferentes quantidades de luz visível dependendo em como a sua superfície é iluminada, ou seja, dependendo do albedo de sua superfície. Os resultados obtidos pela missão NEOWISE estimam que o número de asteroides de tamanho médio perto da Terra caiu de 35000 para 19500, mas a maioria absoluta ainda continua sem ser descoberta.

Fonte:

http://apod.nasa.gov/apod/ap111001.html


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .