MISSÃO CHEOPS: VAMOS ENCONTRAR UM PLANETA HABITÁVEL? | SPACE TODAY TV EP2053

OUÇA O PODCAST HORIZONTE DE EVENTOS:

https://open.spotify.com/show/5wbMV0BVAYW07V7UFOeGF1

https://soundcloud.com/user-956768544/horizonte-de-eventos-episodio-6-vikram-e-encontrado-na-lua

————————————————————————————————————

SPACE TODAY STORE:

https://spacetodaystore.com

————————————————————————————————————

ENTRE NO CANAL DO SPACE TODAY NO TELEGRAM:

https://t.me/canalspacetoday

————————————————————————————————————

No próximo dia 17 de Dezembro de 2019, às 5:30 da manhã, hora de Brasília, a ESA irá lançar uma nova missão para o espaço.

A missão se chama CHEOPS – Characterising Exoplanet Satellite, e como o nome já diz, é uma missão que está ligada a exoplanetas.

Porém, diferente, do que muitos possam pensar, essa missão não é uma missão descobridora de exoplanetas.

Mas como o nome já diz, é uma missão que irá caracterizar os exoplanetas, ou seja, ela vai examinar em detalhe planetas já descobertos por outras missões e então estimar com a maior precisão até o momento o seu tamanho.

A partir do tamanho é possível determinar a sua densidade e ter uma ideia da sua composição.

A CHEOPS irá focar a sua missão em exoplanetas relativamente pequenos, planetas super-Terras e mini-Netuno.

Existe um motivo para isso, esses planetas são muito descobertos entre os mais de 4000 já identificados até o momento.

Porém, por que não existem esses exoplanetas no nosso Sistema Solar? Essa é uma grande questão relacionada com os exoplanetas e que a missão CHEOPS irá tentar descobrir.

O satélite da missão CHEOPS possuí um único instrumento, uma câmera muito poderosa ou fotômetro e ficará a 700 km de altitude na órbita da Terra.

Um detalhe interessante da missão, a sua câmera sempre ficará apontada para o lado noturno, para que as luzes da Terra não interferiam nas medidas.

A missão é relativamente barata e de risco baixo, pois todos os componentes já foram testados no espaço, porém a a construção da câmera foi desafiante.

Além disso, ele precisa ficar muito bem estabilizado para fazer as medidas e possui um escudo de calor para proteger o satélite também.

O primeiro cientista a descobrir um exoplanetas e ganhador do Nobel esse ano, Didier Queloz, irá participar da missão CHEOPS.

Toda a missão será basicamente controlada do Observatório de Genebra, de onde faz parte o Queloz e também os principais pesquisadores da missão.

Os pesquisadores esperam que com a missão CHEOPS seja possível estimar a massa e a composição dos exoplanetas e também acessar quais deles seriam habitáveis.

Além disso, pode-se tentar algo impressionante, descobrir se algum exoplaneta possui vida.

Tudo isso começa no dia 17 de Dezembro de 2019, às 5:30 da manhã, quando a missão será lançada a bordo de um foguete Soyuz, com o seu estágio Fregat, direto do cosmódromo de Kourou na Guiana Francesa.

Tentarei transmitir esse lançamento, pois é muito importante para todos nós.

Fontes:

https://www.esa.int/Science_Exploration/Space_Science/Cheops/Watch_Cheops_launch_live

#CHEOPS #EXOPLANET #SPACETODAY

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo