Mais um Tornado de Fogo

Semana passada foi no Brasil (http://cienctec.com.br/wordpress/?p=3915) agora nos EUA, aparentemente esse tipo de fenômeno é mais comum do que se pensa.

Esse fenômeno é uma grande demonstração de como o micro clima funciona. Imagine que começou um incêndio. À medida que o ar aquece acima do fogo ele começa um movimento ascendente, em certo momento esse movimento pode se tornar muito forte. Isso deixa um ponto de baixa pressão no fogo e o ar fora do incêndio entra nesse vazio para preenchê-lo. O ar é muito turbulento e à medida que o ar entra por um lado ele se choca com o ar do outro lado gerando assim o redemoinho. Esse mecanismo é amplificado por uma constante injeção de ar e a rotação em uma escala maior pode começar e se tornar sustentável. O redemoinho é abastecido pelo ar quente em movimento ascendente e a próxima etapa do mecanismo é a geração de um tornado de fogo.

No vídeo é possível ver como  o tronado de fogo é estreito e completamente focado em um determinado ponto, mas é possível ver que o ar na parte de fora gira em uma velocidade menor, é isso mesmo? Sim, a resposta para isso vem de uma lei física chamada de conservação do momento angular, se você tem algo que gira e se contrai a taxa de rotação aumenta. A diminuição no raio do tornado aumenta a sua velocidade de rotação.

Esse fenômeno nós podemos observar a todos os instantes nas estrelas massivas onde o núcleo entra em colapso no fim de suas vidas. O núcleo se contrai e a sua rotação aumenta de forma drástica  e assim temo as chamadas estrelas de nêutrons – para visualizar o fenômeno, vamos tentar imaginar um objeto com a  massa do Sol comprimido em uma bola com alguns quilômetros de diâmetro e todo esse sistema girando literalmente mil vezes por segundo. O momento angular é realmente algo muito poderoso. E gera um efeito muito bonito. Em escalas gigantescas faz com que estrelas com toneladas de matéria entre em colapso formando um fluido mecânico quântico, e em escalas menores gera fenômenos meteorológicos como o tornado de fogo. A física realmente está presente em tudo na nossa vida.

Fonte:

http://blogs.discovermagazine.com/badastronomy/2010/08/30/another-tornado-made-of-fire-waiting-now-for-tornado-made-of-locusts/

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo