MAGNETARS – A NATUREZA SECRETA DAS FRBS? | SPACE TODAY TV EP1936

PARA SE INSCREVER NO CURSO BIG BANG – ASTRONOMIA PARA LEIGOS E APRESSADOS ACESSE O SITE:

https://academyspace.com.br/big-bang/

——————————————————————————-

SPACE TODAY STORE:

https://www.spacetodaystore.com

——————————————————————————-

Para fazer parte do seleto grupo dos apoiadores!!!

https://www.youtube.com/channel/UC_Fk7hHbl7vv_7K8tYqJd5A/join

——————————————————————————-

Nessa altura do campeonato vocês já sabem que um dos maiores mistérios da astronomia é descobrir a natureza das FRBs, as explosões rápidas em ondas de rádio.

Nesse ponto da história já avançamos na detecção de mais algumas FRBs e algumas mais repetidas, o que é excelente para resolver esse mistério.

Mas a natureza, ou seja, o que origina uma FRB, é algo ainda misterioso.

Como eu falo sempre, já foram cogitados os mais diversos objetos como sendo a origem dessas explosões, desde buracos negros até estrelas de quarks chegando até a hipótese de motores de naves alienígenas.

Porém, os astrônomos possuem uma bela candidata, que são as chamadas magnetars.

Magnetars são estrelas de nêutrons que possuem um campo magnético extremamente violento, na casa dos quatrilhões de vezes o campo magnético da Terra.

Em 2003 os astrônomos detectaram a emissão de raios-X de uma magnetar e em 2004 conseguiram registrar a emissão de ondas de rádio dessa estrela.

Depois disso, a estrela ficou quieta não emitindo mais nenhuma radiação extrema, até chegar Dezembro de 2018, quando um novo sinal de radio foi detectado vindo dessa estrela.

Os cientistas ficaram então intrigados com isso e começaram a estudar de forma detalhada essa estrela.

Os astrônomos conseguiram caracterizar muito bem o que estava acontecendo com a estrela.

Um pulso de rádio com duração entre 1 e 4 ms, um pulso estreito numa determinada faixa de emissão de ondas de rádio, um pulso intenso que diminuía rapidamente.

A estrutura espectral do que os astrônomos detectaram não poderia ser explicada pelos efeitos de propagação interestelar.

A magnetar não se dizimou no espaço como era esperado.

A estrutura espectral de toda a caracterização realizada pelos astrônomos mostra que a emissão de ondas de rádio proveniente da magnetar estudada tem todas as características de uma FRB de repetição.

Os astrônomos ainda realizarão estudos mais adequados da magnetar em outras frequências de onda de rádio e por isso não podem bater o martelo ainda.

Mas tudo indica que as magnetars são a origem secreta das FRBs.

Se isso for confirmado será um grande resultado para a astronomia e a resolução de um dos grandes mistérios que assola a mente dos astrônomos.

#Magnetars, #FRBs #MistériosDoUniverso

Fonte:

https://www.space.com/magnetar-clues-mystery-fast-radio-bursts.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.