Leite Para a Lua – Mais Uma Obra Prima de Miguel Claro

LPOD-Apr16-13

observatory_150105Com a chegada da primavera, a Via Láctea começa a ser visível nos céus de Portugal no amanhecer, como mostra essa imagem registrada em Monsaraz, na Reserva de Céu Escuro de Alqueva. Nessa imagem você pode observar a Via Láctea em abundância, graças ao mosaico de 21 imagens que permite um grande campo de visão, revelando, esse braço da nossa galáxia, sobre o Convento de Orada, datado de 1670. Perto do centro à direita das palmeiras, está a Lua brilhando intensamente, embora seu brilho não tenha interferido com o gigantesco arco da Via Láctea, onde é possível distinguir inúmeras constelações como a Urasa Minor, com a estrela Polaris à esquerda da imagem, até o Cisne (Cygnus), com a sua Nebulosa da América do Norte (NGC 7000), claramente visível, abaixo e a direita, nós ainda podemos encontrar a constelação de Sagittarius e Escorpião, com a sua brilhante estrela super gigante vermelha, Antares.

LPOD-Apr16-13b

Fonte:

http://lpod.wikispaces.com/April+16%2C+2013

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.