Lançamento do Rover Perseverance É Adiado Para Dia 30 De Julho de 2020

Um problema técnico com o foguete Atlas 5 da ULA que irá em breve enviar o rover Perseverance da NASA para Marte, acaba de adiar o lançamento da missão para não antes de 30 de julho de 2020, o que é relativamente preocupante, pois faz com que o lançamento se aproxime do final da janela de 2020, lembrando que se não for lançado esse ano, o rover, que custou 2.4 bilhões de dólares, terá seu lançamento somente em 2022.

“Devido a atrasos no processamento do veículo na preparação para as operações de integração da sonda, a NASA e a United Launch Alliance moveram a primeira tentativa de lançamento da missão Mars 2020 para não antes de 30 de julho de 2020”, disse a NASA. “Um sensor de oxigênio líquido apresentou um dado fora do normal durante o Wet Dress Rehearsal, e um tempo adicional será necessário para que a equipe possa inspecionar e avaliar o que aconteceu”.

A ULA realizou o Wet Dress Rehearsal no dia 22 de junho de 2020. O exercício envolveu rolar o veículo lançador Atlas 5 desde o seu hangar de integração vertical até a plataforma de lançamento 41 em Cabo Canaveral, então, o foguete foi carregado com querosene, hidrogênio líquido e oxigênio líquido.

A equipe de lançamento praticou os procedimentos de contagem regressiva, testando os sistemas do Atlas 5 segundos antes da ignição do motor principal do foguete o RDD-180.

Após drenar os propelentes criogênicos do foguete, a ULA retornou o Atlas 5 para a sua Vertical Integration Facility do PAD 41 no dia 24 de junho de 2020 para esperar pela chegada do rover Perseverance, a principal peça da missão Mars 2020. A equipe de solo da ULA então acessou o sensor de oxigênio líquido que teve um comportamento inesperado durante o Wet Dress Rehearsal.

A janela de lançamento no dia 30 de julho de 2020 abre às 8:50 da manhã, hora de Brasília. O foguete Atlas 5 programado para lançar o Perseverance irá voar na configuração com 4 boosters de combustível sólido, um único motor Centaur no estágio superior e uma coifa com 5.4 metros de diâmetro.

A missão Mars 2020 foi orginalmente programada para ser lançada no dia 17 de julho de 2020, na abertura da janela interplanetária que se estende por algumas semanas. Mas alguns problemas acabaram atrasando o lançamento, limitando o período para a NASA lançar a missão para Marte.

O período de lançamento da missão Mars 2020 originalmente terminaria em 5 de agosto de 2020, mas análises adicionais de trajetória já tinham estendido a janela até o dia 11 de agosto de 2020. Agora, com mais uma revisão da equipe de voo da NASA, o período de lançamento ganhou uns dias a mais e a janela está estendida até o dia 15 de agosto de 2020. A equipe continua analisando a trajetória e os parâmetros de voo para ver se essa janela poderá ser ainda mais estendida.

De qualquer modo, o tempo não para, e esses atrasos começam a preocupar. Assumindo que o período de lançamento vá até 15 de agosto de 2020, a missão já vai ter usado com atrasos metade do período disponível. Lembrando que se o Perseverance não for lançado esse ano para Marte, a próxima oportunidade é só em agosto de 2022.

“Quando você fala sobre a Terra e Marte estando do mesmo lado do Sol, isso acontece em média a cada 26 meses”, disse Jim Bridenstine o administrador da NASA, na conferência de pré-lançamento da missão Mars 2020 no início do mês de junho de 2020. “O atraso pode resultar num custo absurdo, manter, o Perseverance guardado por 2 anos esperando a próxima janela de lançamento custaria cerca de 500 milhões de dólares”.

A NASA inicialmente tinha adiado o lançamento para o dia 20 de julho devido a um problema com o guindaste do Atlas 5 dentro do VIF. Um problema de contaminação com o equipamento de suporte de solo no Payload Hazardous Servicing Facility da NASA – a sala ultra limpa onde o rover Perseverance está sendo preparado para o lançamento – atrasou o processe de encapsular o rover dentro do escudo aerodinâmico de carga do Atlas 5.

Com a questão de contaminação resolvida, a NASA e a ULA pretendiam transportar a sonda da Mars 2020 dentro da coifa para o VIF nesse próximo sábado, dia 4 de julho de 2020 para que ela fosse instalada no topo do foguete Atlas 5.

Mas a ULA precisa de um tempo adicional para lidar com o problema na linha do sensor de oxigênio líquido e a NASA disse então que ela não sabe quando o Perseverance poderá ser transportado para o hangar do Atlas 5. Depois que a sonda for montada no topo do Atlas 5, as equipes precisam de 25 dias para deixar o veículo pronto para o lançamento.

Tory Bruno, CEO e presidente da ULA, disse que as equipes do Atlas 5 e da Mars 2020 estão trabalhando com muitos desafios.

Ele identificou o problema na instalação de solo no PHSF, e caracterizou o problema no sistema de oxigênio líquido como um mal comportamento no sensor de pressão. Ele também escreveu que o estado atual da pandemia da COVID-19 na Flórida tem sido um problema adicional.

Uma vez que a sonda seja instalada no topo do foguete Atlas 5, as equipes de solo irão instalar a fonte de energia de plutônio do rover Perseverance através de uma porta do lado da coifa do Atlas 5. O rover marciano que tem o tamanho de um carro pequeno, usará como energia o Multi-Mission Radioisotope Thermoelectric Generator, ou MMRTG durante a missão.

Assumindo que o lançamento seja esse ano, o rover Perseverance irá pousar em Marte no dia 18 de fevereiro de 2021, na região da Cratera Jezero. Os cientistas dizem que a Cratera Jezero possui um antigo delta de rio, onde o rover irá trabalhara com seus instrumentos pesquisando a geologia, o clima e procurando por vida em Marte.

Um dos principais objetivos da missão é recolher dezenas de amostras de solo, guardar essas amostras em tubos e deixar esses tubos escondidos no solo marciano para que uma futura missão vá até lá, recolha esses tubos e envie eles para a Terra.

Fonte:

https://spaceflightnow.com/2020/06/30/nasa-delays-mars-rover-launch-to-no-earlier-than-july-30/

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.