fbpx

INÉDITO – DETECTADO GÁS NO COMETA INTERESTELAR | SPACE TODAY TV EP1970

Como eu falei para vocês, desde o dia que teve sua descoberta anunciada, o nosso segundo visitante interestelar, o agora 2I/Borisov, será o objeto interestelar mais estudado até o momento.

E os trabalhos e as pesquisas sobre o cometa já começam a sair.

Pesquisadores utilizaram o telescópio William Herschel que fica nas Ilhas canárias para poder estudar o cometa.

No dia 13 de Setembro de 2019, entre as 6 e 7 horas da manhã local, os astrônomos conseguiram apontar o telescópio para o cometa, e utilizaram o espectrógrafo acoplado nele.

E com esse estudo os astrônomos conseguiram algo inédito até o momento, detectaram pela primeira vez na história gás em cometa interestelar.

O gás detectado foi o cianogênio que é composto por um átomo de carbono e um átomo de nitrogênio, é um gás tóxico caso seja inalado, mas é bem comum nos cometas.

Usando outro telescópio, o TRAPPIST -Norte que fica em Marrocos, os astrônomos conseguiram medir a quantidade de poeira que está sendo ejetada pelo cometa.

A quantidade de gás saindo do núcleo do cometa sugere que ele tem uma superfície muito ativa.

Ele parece ser um cometa normal em termos de gás e de poeira que está emitindo.

Parece ter nascido a cerca de 4.6 bilhões de anos atrás, e com esses novos dados foi possível realizar uma nova estimativa sobre o tamanho do objeto.

Seu núcleo deve ter entre 0.7 e 3.3 quilômetros de diâmetro.

Os astrônomos estão aguardando o mês de Dezembro chegar para que eles possam observar de forma mais detalhada o objeto quando ele sair de trás do Sol.

Algumas perguntas que já fizeram aqui nos vídeos.

Sabemos de onde ele veio?

Ainda não, mas depois, quando ele sair de trás do Sol, e as observações se intensificarem provavelmente os astrônomos tentarão responder a essa pergunta.

Será visível a olho nu?

Provavelmente não, pois ele passará bem longe da Terra, 3 UA, terá uma magnitude aproximada de 15, e com isso praticamente será impossível de observar, mas com um pequeno telescópio será possível.

Vai bater com a Terra?

Não, podem ficar tranquilos.

Esse cometa, pode inaugurar uma nova área da ciência, o estudo dos visitantes interestelares, e com certeza irá nos ensinar muito.

Fontes:

https://arxiv.org/pdf/1909.12144.pdf

https://phys.org/news/2019-09-frontier-science-astronomers-gas-molecules.html

#2I/Borisov #CometaInterestelar #Cometa

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .