fbpx

Impressionantes Halos São Fotografados na Groenlândia


Bons halos necessitam de duas coisas principais, um céu cristalino e uma boa orientação. A localização, na verdade, pouco importa, pois os halos podem ser encontrados em qualquer lugar do mundo e na verdade são. O que tem de especial nessas imagens então? O fato interessante aqui é que a poeira em forma de diamante, visto aqui enquanto os cristais individuais brilham, confere uma vantagem crucial para as regiões polares da Terra que produzem halos verdadeiramente espetaculares.

A orientação aleatória ou pseudo aleatória dos cristais ou de conjuntos de cristais produz os círculos de 22 e 46 graus ao redor do Sol.

Colunas orientadas isoladamente constituem o arco tangente superior comum, os arcos menos comuns infralaterais e supralaterais e os raros arcos de Wegener e os subhélicos.

Cristais planos orientados contribuem para a formação do parélio, os parélios de 120 graus e o arco circunzenital.

O círculo parélico que envolve o céu vem de todas as orientações exceto daquelas aleatoriamente inclinadas.

Fonte:

http://www.atoptics.co.uk/fz675.htm


Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .