fbpx

Imagens Incríveis do Vulcão Eyjafjallajökull Feitas por um Cientista

O astrônomo Snaevarr Gudmundsson da Islândia, conseguiu uma permissão para sobrevoar a apenas alguns quilômetros de distância o vulcão Eyjafjallajökull. Diz ele: “Eu estive bem próximo ao vulcão entre as 16:00 e as 22:00 do Sábado (17 de Abril de 2010) e pude observar essa erupção impressionante. Um evento sensacional, explosões de magma a 1200 graus celsius derretendo o gelo. Eu pude tirar mais de 550 fotos durante essas horas de continuo divertimento”.A pluma massiva se apresentou de maneira magnífica – desde a formação de raios no interior da pluma, até uma incrível quantidade de cinza sendo ejetada foi possível observar.O astrônomo disse que outras imagens puderam ser obtidas pela equipe, porém a uma distância maior do vulcão, devido ao fator da segurança. Ele contou que perto de onde estavam existia um pequeno rio que os impedia de ouvir claramente o barulho das erupções, a não ser quando eram grandes, além de poder ouvir também o som dos trovões. Mesmo durante o dia era possível observar rapidamente o espocar dos raios sobre o vulcão, mas era a noite que o espetáculo se mostrava em toda a sua grandeza.

Perguntado se próximo ao vulcão era possível sentir algum cheiro diferente, ele disse que era possível sim sentir algo sulfuroso no ar, quando o vento soprava na direção deles. Onde eles estavam não sofreram com as cinzas, mas ele confessou que do lado oposto para onde as cinzas estavam a caminho a vida devia estar miserável.

O cientista relatou que desde a base do vulcão até o seu topo deve ter aproximadamente 1500 metros, quando a erupção começou aconteceu uma gigantesca inundação na região, devido ao gelo derretido que desceu pela encosta do vulcão. Na base do vulcão até alguns icebergs se depositaram depois da grande erupção. Como o cientista mora próximo à região e a conhece bem, ele disse que existia ali um grande lago, e que depois da erupção a carga de sedimentos foi tão grande que o lago ficou completamente coberto com restos dessa grande erupção.

Esse vulcão devido a grande cobertura de cinzas e fumaça só pode ser imageado via satélite, e aqui está a imagem das três crateras do vulcão islandês. Cada uma dessas crateras possui entre 200 e 500 metros de diâmetro.

Fonte:

http://www.universetoday.com/2010/04/18/incredible-images-of-iceland-volcano-from-just-a-few-kilometers-away/

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .