fbpx
19 de setembro de 2021

Imagens em Infravermelho e em Raios-X Mostram que a Galáxia de Andromeda é o Lar de Mais de Um Trilhão de Estrelas

A detalhada imagem do Telescópio Espacial Spitzer acima, mostra a luz infravermelha emitida da poeira (vermelho) e das estrelas velhas (azul) que constituem a galáxia de Andromeda, uma galáxia espiral massiva a apenas 2.5 milhões de anos-luz de distância da Terra. De fato, com mais do dobro do diâmetro da Via Láctea, Andromeda é a galáxia próxima mais brilhante. A população de estrelas jovens brilhantes da Andromeda define seus braços espirais na luz visível, mas nessa imagem o infravermelho mostra claramente os aglomerados de poeira aquecidos  pelas jovens estrelas, mesmo em regiões mais próximas do centro. Construída para explorar o brilho infravermelho de Andromeda e as populações estelares, o mosaico completo é composto por mais de 3000 imagens individuais. Duas pequenas galáxias companheiras, a NGC 205 (abaixo) e a M32 (acima) também são incluídas nos campos combinados. Os dados confirmam que a galáxia de Andromeda, também conhecida como M31, é o lar de aproximadamente 1 trilhão de estrelas, para comparação a Via Láctea hospeda 400 bilhões de estrelas.

A imagem feita em raios-X pelo Chandra, abaixo, mostra a porção central da galáxia de Andromeda. O ponto azul no centro da imagem é uma fonte de raios-X surpreendente fria na casa do um milhão de graus de natureza ainda desconhecida. Um pouco acima dessa fonte fria está um fonte (amarela) que acredita-se ser devido aos raios-X emitidos pela matéria que circunda um buraco negro supermassivo no centro da galáxia em movimento espiral. Esse buraco negro contém a massa de 30 milhões de sóis. Numerosas outra fontes de raios-X também estão aparente na imagem. A maior parte dessas fontes se deve a sistemas binários onde uma estrela de nêutrons ou um buraco negro está perto de uma estrela normal.

Fonte:

http://www.dailygalaxy.com/my_weblog/2011/03/image-of-the-day-one-trillion-stars-massive-andromedea-galaxy-in-infrared-x-ray.html

 

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo