Imagem Multiespectral da Galáxia do Redemoinho

A imagem acima mostra uma imagem da Galáxia do Redemoinho, também conhecida como M101, e combina dados do infravermelho, da luz visível, ultravioleta, e raios-X de quatro telescópios espaciais da NASA. Essa imagem multiespectral mostra que tanto as estrelas jovens como as estrelas velhas são igualmente distribuídas ao longo dos braços espirais da M101. Essa imagem composta permite aos astrônomos observar como essas feições em uma parte do espectro  se ajusta com aquelas observadas em outras partes. É como se estivéssemos observando uma mesma cena através de uma câmera comum, uma câmera ultravioleta, uma câmera de visão noturna e uma câmera de raios-X, todas ao mesmo tempo.

A Galáxia do Redemoinho localiza-se na constelação da Ursa Major, também conhecida como a Grande Concha. Ela é aproximadamente 70% maior do que a nossa Via Láctea com um diâmetro de aproximadamente 170000 anos-luz, e localiza-se a aproximadamente 21 milhões de anos-luz de distância da Terra. Isso significa que a luz que estamos vendo nessa imagem deixou a Galáxia do Redemoinho a aproximadamente 21 milhões de anos atrás, muitos milhões de anos antes do ser humano surgir e caminhar sobre a Terra.

Fonte:

http://www.nasa.gov/multimedia/imagegallery/image_feature_2265.html

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo

Instagram

Error validating access token: The session has been invalidated because the user changed their password or Facebook has changed the session for security reasons.