Imagem Mostra o Cometa Pan-STARRS e o Rastro Colorido Deixado Por Um Avião nos Céus da Pennsylvania

panstarrs_jato_01

observatory_150105A foto acima mostra o cometa Pan-STARRS justaposto com um rastro colorido de um jato como observado desde o Vale Forge na Pennsylvania, durante o pôr-do-Sol do dia 14 de março de 2013. A cor vermelha do rastro deixado pelo avião é o testemunho do fato do Sol estar perto do horizonte. Pode-se notar que a cauda do cometa se espalha por todos os comprimentos de onda da luz branca, então ela aparecerá avermelhada somente depois de passar através da nossa atmosfera. Assim, a cor do cometa poderia ser diferente se observada de outras posições, já o rastro é avermelhado  independente da perspectiva, pode-se observar as feições estranhas na parte superior.

O cometa Pan-STARRS recebeu esse nome como abreviação de Panoramic Survey Telescope and Rapid Response System. Cometas normalmente recebem nome de pessoas que o descobriram, mas nesse caso uma equipe de cientistas usando o telescópio Pan-STARRS fez a descoberta, em Junho de 2011, então se decidiu dar o nome do cometa em homenagem ao instrumento que o descobriu.

Durante a maior aproximação da Terra, o cometa passou a 160 milhões de quilômetros, no dia 10 de Março de 2013. O Pan-STARRS é um cometa não periódico, ou seja, ele nunca passou por aqui antes. Atualmente sua observação é difícil e só para os observadores do hemisfério norte, quem estiver por lá, terá que olhar durante o começo da noite à direita de onde o Sol se pôr uma hora depois do pôr-do-Sol, mas provavelmente os observadores precisarão de binóculos para observá-lo.

Na foto abaixo se pode ver a Lua Crescente fina, o brilho da Terra e o cometa Pan-STARRS (mais a esquerda). Essa foto foi feita no começo do mês de Março de 2013 em Eagle Creek Airpark em Indiana.

panstarrs_jato_02

Fonte:

http://epod.usra.edu/blog/2013/03/comet-panstarrs-and-jet-contrail.html

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo