fbpx

Imagem Mostra CME Sendo Emitida Em Direção a Terra

cme_strip

observatory_150105Uma ejeção de massa coronal (CME) que deixou o Sol no dia 16 de Janeiro de 2013 pode lançar um verdadeiro golpe no campo magnético da Terra no dia 20 de Janeiro de 2013. Os pesquisadores da agência NOAA estimam uma chance de 55% para a ocorrência de tempestades geomagnéticas quando a CME chegar. Os moradores das regiões árticas devem estar alertas para a aparição de auroras.

O satélite Solar and Heliospheric Observatory fotografou a CME emergindo do limbo sul do Sol no dia 16 de Janeiro de 2013 às 22:06 UT.

Embora pareça que a CME está engolfando o planeta Mercúrio, ela não está. Mercúrio está atualmente no lado oculto do Sol, ou seja, atrás do Sol enquanto que a CME está no lado visível do Sol, sendo emitida mais ou menos na nossa direção. Essa sobreposição é apenas visual e não física.

cme

Fonte:

www.spaceweather.com

alma_modificado_rodape105

Sérgio Sacani

Formado em geofísica pelo IAG da USP, mestre em engenharia do petróleo pela UNICAMP e doutor em geociências pela UNICAMP. Sérgio está à frente do Space Today, o maior canal de notícias sobre astronomia do Brasil.

Veja todos os posts

Arquivo